Pular para o conteúdo

Servidores do Depasa Rio Branco entram em greve segunda-feira

 A partir desta segunda-feira, 26, os trabalhadores do sistema de abastecimento de água de Rio Branco vão paralisar as atividades por 48 horas. Os servidores reivindicam revisão do plano de cargos carreira e salários, melhores condições de trabalho e reposição salarial de 15%.

 O superintendente do Depasa, Felismar Mesquita, afirmar que a greve não vai afetar as atividades já o comando de greve afirma que a população deve ficar atenta, porque a interrupção da distribuição da falta de água deve se acentuar.

 Em abril os trabalhadores do Depasa deflagraram greve por melhores condições de trabalho e salários. O movimento durou quase 15 dias até que a prefeitura, manifestou disposição através de um documento, em atender as reivindicações.

 Mas de acordo com o Sindicato dos Urbanitários, as garantias não foram mantidas e a categoria desistiu de esperar.

 “Há mais de dois anos a categoria está nessa situação e decidimos então por mais uma paralisação para que isso se resolva”, explicou o secretário-geral do Sindicato dos Urbanitários, Marcelo Jucá.

 A paralisação de 48 horas preocupa a população, justamente por ser um período delicado para sistema de abastecimento da capital. A categoria garante que vai manter 30% do efetivo durante a paralisação.

 Felismar Mesquita destaca que o serviço não será comprometido. “O abastecimento está garantido. Estamos com o plano operacional para corrigir qualquer tipo de problema com abastecimento”.