Pular para o conteúdo

Jamyl Asfury comemora aprovação de PL que concede gratificação de risco de vida para agentes de Segurança

 O deputado Jamyl Asfury (PEN) comemorou a aprovação do Projeto de Lei (PL nº 53/2013) de autoria do Poder Executivo que concede isonomia progressiva na gratificação do risco de vida dos operadores de segurança pública no Estado.

 Asfury disse que a PL corrige distorções entre praças e oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Ele citou o esforço do governador Tião Viana (PT), que mesmo com redução nos repasses do Fundo de Participação dos Estados (FPE), honrou o compromisso de conceder igualdade para os membros da Segurança Pública.

“Mesmo com a diminuição dos repasses em mais de R$ 100 milhões só este ano, ele concede um risco de vida com valor adequado, com um salário entre os melhores do Brasil. Será depositado a cada mês 10% e em março será repassado os outros 30%”, disse o deputado ecológico.

 Ele solicitou que a Mesa Diretora realize na próxima segunda-feira, 26, uma sessão solene em alusão do Dia do Soldado que ocorre um dia antes, 25. “Peço que realizemos essa sessão na segunda para que possamos mostrar a nossa satisfação e respeito por essas instituições”, afirmou.
Jamyl Asfury cobrou, ainda, que a bancada acreana, em Brasília, tenha mais empenho para que se instale no Acre a Superintendência da Polícia Rodoviária Federal. De acordo com o parlamentar, a ausência de autonomia administrativa e financeira limita o trabalho da PRF.

“O único estado que não tem uma Superintendência da PRF é o Acre. São 1.500 quilômetros de rodovias, a abrangência é muito grande para um efetivo muito reduzido”, disse o deputado ecológico.

 O parlamentar ressaltou, ainda, em seu pronunciamento que o senador Aníbal Diniz (PT/AC) se comprometeu em viabilizar em Brasília, a instalação da sede da Polícia Rodoviária Federal no Estado.

 Asfury acrescentou que para se construir a sede da Superintendência são necessários R$ 20 milhões. Nesse sentido, ele enviará um documento a bancada acreana solicitando que emendas sejam destinadas para a obra.

“Por meio dessa Casa, e isso não é uma ação de um deputado apenas, mas de um conjunto, que sejam destinadas emendas individuais para que possamos construir a sede da PRF aqui no Acre, tendo em vista o relevante trabalho realizado no Estado”, finalizou o deputado.