Pular para o conteúdo

“O Senado é uma Casa que precisa ser respeitada”, diz Jorge Viana

JV O senador Jorge Viana (PT/AC) avaliou como positiva sua atuação como vice-presidente do Senado Federal. De acordo com ele, uma de suas metas é reconquistar a credibilidade do Senado junto ao povo brasileiro.

 “Meu objetivo é honrar o nome do Acre, o povo brasileiro e procurar recuperar o respeito e a confiança que o Senado tem. O Senado é uma Casa que precisa ser respeitada”, disse Jorge Viana.

 O senador acreano permanece no cargo até fevereiro de 2015. Ele disse, também, que há 3 anos seu nome vem sendo apontado pelo Diap como um dos 100 parlamentares mais influentes do Congresso.

 “Durante 3 anos eu fiquei entre os 100 cabeças do Senado, de acordo com o Diap. Para mim é uma espécie de prestação de conta do meu mandato. Entretanto, nem isso me acomoda. Estou trabalhando mais, me reunindo mais. Tenho que abrir as sessões. Procuro sempre vir mais vezes ao Acre”, pontuou o senador petista.

 Jorge Viana reconheceu que o Senado Federal precisa adequar sua agenda aos anseios da sociedade brasileira. “Muitas das vezes a agenda do Senado não é a agenda do povo brasileiro. A sociedade tem que impor a sua agenda”.

 Ele acrescentou, ainda, que tem se esforçado para fazer o melhor enquanto preside a maior Casa Legislativa do país, embora seu perfil seja de Executivo. “A maneira que o Senado funciona é pouco produtiva. A gente trabalha muito e produz pouco. A gente se desgasta muito e o resultado é pequeno. Eu venho do Executivo, onde você se desgasta muito, mas realiza”, finaliza.