Pular para o conteúdo

Grupo de juízes em formação realiza visita às unidades socioeducativas

Onze juízes, que participam de um curso de formação para atuar no Acre, visitaram na tarde de ontem, 13, as unidades socioeducativas de Rio Branco. O intuito era apresentar o destino dos adolescentes em conflito com a lei para os magistrados.

O grupo estava sob a supervisão da juíza da Vara de Execuções de Penas e Medidas Alternativas da Comarca de Rio Branco, Maha Kouzi Manasfi e Manasfi. Guiados pelo presidente do Instituto Socioeducativo do Acre (ISE/AC), Henrique Corinto, os magistrados puderam ver de perto a realidade do sistema.

De acordo com Manasfi, essa atividade deveria ser obrigatória a todos os envolvidos na rede. “Sempre defendi que antes do juiz mandar alguém para o sistema prisional ou para o socioeducativos, primeiro tem que conhecer o local. Acho uma experiência válida. As pessoas virem para cá é uma realidade, só que temos que ter o discernimento, saber quem de fato precisa vir”, aponta.

Os juízes irão concluir o curso em novembro. A estimativa é de que no dia 1º de dezembro todos sejam empossados. Para Henrique Corinto, a expectativa é de que esses novos profissionais possam contribuir, de maneira humanizada, na celeridade dos processos que refletem no trabalho desenvolvido pelo ISE.

“Mostramos a eles como fazemos a separação dos adolescentes, a responsabilização e também as condições de atendimento deles, tanto os de semiliberdade, quanto os do regime fechado. Estamos apresentando as unidades para que tenham ciência no futuro, quando estiverem trabalhando, de como funciona o sistema”, declara.