Pular para o conteúdo

PF prende mulher tentando entrar com medicamentos estrangeiros no Brasil

medicamentosilegal 
Na tarde da última segunda-feira (30), policiais federais em serviço na cidade de Epitaciolândia, no Acre, lograram êxito em prender uma brasileira que transportava diversos medicamentos de origem estrangeira, sem registro na Anvisa, com destino à cidade de Tarauacá.

 A presa alegou ser estudante do último ano de medicina na Bolívia e que os medicamentos seriam amostras grátis que teria recebido no hospital onde realiza a prática hospitalar na Bolívia, alegando ainda desconhecer estar praticando qualquer tipo de crime.

 Foi lavrado auto de prisão em flagrante pelo crime do art. 273, 1-B do Código Penal Brasileiro que prevê pena de 10 a 15 anos de prisão.

 A Polícia Federal informou que é crime a entrada no Brasil com medicamento sem registro na Anvisa, exceto os de uso próprio em quantidade necessária para a viagem, pois tais medicamentos não possuem segurança e eficácia reconhecidos ou comprovados, sendo o seu armazenamento, distribuição, transporte, comércio, prescrição e dispensação proibidos no território nacional.

 Foi informado ainda que a entrada de medicamentos de uso controlado, conhecidos como tarja-preta, pode caracterizar também o crime de tráfico de entorpecentes. (Redação do Site O Alto Acre)