Pular para o conteúdo

Denílson Segóvia assume liderança do PEN na Aleac

denilson segovia DL 0185O deputado Denílson Segóvia foi apresentado, na manhã de ontem, como o novo líder do Partido Ecológico Nacional (PEN) na Aleac. Segóvia preenche a vaga deixada pelo deputado Walter Prado, que se filiou ao PROS na última quarta-feira. O PEN, que tinha 17 minutos e meio de tribuna, a partir de agora terá o tempo reduzido para 15 minutos.

Segóvia agradeceu o apoio do deputado Astério Moreira, presidente do partido. Disse que a postura ética de Astério transmite segurança aos demais parlamentares da sigla. O PEN ainda detém a maior bancada na Aleac: são 6 deputados.

“Quero contribuir com a liderança do nosso partido, deputado Astério Moreira. Sua confiança, seu modo de ser, nos dá a certeza de que estamos no caminho certo”, salienta o parlamentar, ao falar de sua permanência no partido.

Na oportunidade, o deputado Astério Moreira disse que o PEN não tem intenção de obrigar nenhum parlamentar a continuar ‘forçadamente’ na sigla. De acordo com ele, todos são livres para fazerem suas escolhas.

“Não temos o que comentar nem lamentar. Isso é próprio da democracia partidária. Se a legislação partidária permite, não tenho porque me opor”, disse o presidente regional do PEN, Astério, quanto à saída do deputado Walter Prado.

Já o deputado Walter Prado também agradeceu o tempo em que esteve no partido. Afirmou que sua saída se deu pela inviabilização de que 7 deputados causaria em caso de reeleição dos mesmos. Mas reforçou que fará parte de um partido de sustentação.

A intenção de Prado é que sejam formadas 2 chapas, uma composta por partidos grandes e outra por partidos pequenos. E não um ‘chapão’, como vem se comentando nos corredores da Aleac.