Pular para o conteúdo

Gazetinhas 06/11/2013

* Agora é pra valer.

* Justiça Federal liberou a atuação da BBom, e a empresa já pode a voltar a atuar em todo o país.

* A decisão foi em caráter liminar (provisório) e tem efeitos imediatos.

* Ela suspende a decisão da juíza de Goiânia, que entendia que a BBom atuava com indícios de pirâmide financeira.

* No entendimento do desembargador federal, não há provas suficientes das supostas fraudes cometidas.

* Um dos argumentos é de que a BBom, de fato, faz de seus associados vendedores do produto o qual se dispõe a vender. No caso, os tais rastreadores de carro.

* Franqueados estão em polvorosa. E, claro, a corrente de otimismo já atingiu os contemporâneos “telexfriends”.

* Os advogados da Telexfree alegam que a jurisprudência seria favorável por demonstrar a legalidade das atividades de empresas de MMN no país.

* Calma lá, moçada!

* Do lado de cá, o TJ/AC já adiantou que os processos não têm nada a ver um com o outro.

* Cada coisa é uma coisa.

* Então tá!

* Mas, a propósito: em que pé anda mesmo a investigação do MP/AC sobre a Telexfree?

* Vão mesmo conseguir provar ou já provaram que a empresa funciona em sistema de pirâmide?

* A conferir.

* Depois da modinha do assalto às casas lotéricas, voltou a do arrombamento de caixas eletrônicos.

* Duas unidades que funcionam dentro da Secretaria de Educação foram destruídas, na madrugada de ontem, por quatro homens armados.

* Renderam os dois vigias e levaram, além de todo dinheiro, CPUs com imagens das câmeras de segurança.

* Estão ficando espertinhos…

* Só esqueceram um “detalhe”: mais de R$ 30 mil, em notas de R$ 50, dentro de uma lixeira perto dos caixas.

* Nossos bandidos trapalhões são os melhores, né, não?

* Passando pela redação, o candidato da chapa “Renovar a política”, Ermício Sena, para falar sobre as propostas de trabalho, caso vença a eleição, no próximo domingo, para presidência regional do PT.

* Com ele, o sempre bom assessor Oly Duarte, simpatia e inteligência pura!

* Com livre trânsito entre os colegas da imprensa e os empresários da Comunicação local, Oly é sempre uma visita bem-vinda.

* Na saída, lançaram o desafio ao repórter José Pinheiro, que produz matéria sobre a disputa do partido:

* “Tenta agora falar com o Sibá, que mora lá em Brasília. Quero ver se ele vem dar entrevista aqui”.

* Olha a língua!

* Ririri.

* Interina: Maíra Martinello.