Pular para o conteúdo

De novo, a dengue

O alerta foi dado e providências precisam ser tomadas. Segundo informação do Ministério da Saúde, divulgada ontem, Rio Branco continua como uma das capitais e cidades em situação de risco da dengue.

Mesmo que nos últimos anos, a incidência da doença tenha diminuído sensivelmente, com a chegada do período das chuvas ou “inverno amazônico” e as condições de infraestrutura urbana ainda precárias, os riscos da doença aumentam e não podem ser ignorados ou contestados.

No entanto, há que se reconhecer que houve avanços significados na prevenção e combate à dengue nos últimos anos. No ano passado, por exemplo, o número de óbitos foi zerado.

Por isso mesmo, o alerta deve servir tanto às autoridades do setor de Saúde como para a sociedade no sentido de retomar os cuidados na prevenção e combate à doença neste período.

Pelas inúmeras campanhas já realizadas, todo mundo já sabe o que fazer, mas é preciso que se faça para impedir que a doença recrudesça. São medidas simples que devem começar dentro da casa de cada morador.