Pular para o conteúdo

O que interessa

Independentemente da estridência que se formou em torno do caso, o que se tem a fazer é  investigar sim com todo rigor e isenção a denúncia de que teriam sido servidas marmitas com comida estragada no setor de nefrologia do Hospital das Clínicas.

Pelo que foi divulgado, o fato aconteceu. Pacientes teriam inclusive ingerido da comida estragada e sofrido indisposições. Ora, as autoridades de Saúde seriam negligentes e omissas se não tomassem as devidas providências para averiguar o que, de fato, teria acontecido.

A princípio, custa crer que servidores daquele setor seriam tão irresponsáveis para cometer tamanha maldade ou barbaridade. Mais um motivo para investigar de onde surgiram essas marmitas com alimentos contaminados e já em estado de decomposição.

Sabotagem? – como algumas autoridades e assessores do Governo suspeitam. Pode ser que sim, pode ser que não. Mais um motivo para se investigar com todo o rigor o caso, que, em última instância é o que interessa à sociedade.

Quanto à estridência ou exploração política que esses casos suscitam, pouco ou nada interessa. Cada qual responda pelos seus atos, pela sua ética no modo de fazer política ou jornalismo.