Pular para o conteúdo

Aplicativo scanner implantado na catedral de Rio Branco explica a história da igreja

Aplicativo - FOTO BRENNA AMÂNCIO 4A Catedral Nossa Senhora de Nazaré agora disponibiliza de 10 QR code. A ferramenta é na verdade um aplicativo scanner, que se conecta a internet para exibir os conteúdos após a leitura de um código de barras. Com a tecnologia, a igreja agrega textos informativos e imagens que explicam melhor a história e a arquitetura do local.

A ideia surgiu de um amigo conterrâneo do padre Mássimo Lombardi, que, após viajar por vários cantos da Europa, voltou com a novidade para ser implantada na catedral. “Acho que a ferramenta é pioneira em Rio Branco. Soube que o prefeito estava interessado nisso. Até porque, nas cidades mais desenvolvidas, são esses QR codes que dão explicações sobre uma rua e a história de um monumento. O mapa manual se torna indispensável para os turistas mais atualizados”, afirma o padre.

Mássimo acredita que a igreja precisa seguir o ritmo que a sociedade tem adotado como uma forma de se aproximar dos fiéis, sem perder a essência. “A gente tem que acompanhar a modernidade, sobretudo, a tecnologia, que nos oferece oportunidades para divulgar a mensagem do evangelho e a arte com que foi construída a catedral. Às vezes, a igreja tem maravilhas artísticas, que nem os habitantes desta cidade e nem os próprios participantes conhecem. Poucos se dão conta da arquitetura românica basilical, do significado da pintura da galáxia Andrômeda, de Sansão Pereira. Tem muitos detalhes nesta Catedral que poderá ser mais bem visualizada e compreendida por meio dos QR codes, espalhados pela igreja. Com um smartphone ou iPad, a pessoa pode ver as informações e até levar para casa”, detalha.

Existem vários tipos de QR codes disponíveis na internet. Para baixá-lo gratuitamente, basta acessar o iTunes. Uma atitude que a empresária Rusnaine Maia, 27 anos, declara que irá tomar. “Na verdade, quem baixa os aplicativos no meu iPhone é o meu filho de 6 anos, que entende toda essa tecnologia muito melhor do que eu. Achei incrível a proposta de deixar a Catedral com essa mistura de tradição e modernidade”, aprova. (Foto: Brenna Amâncio)