Pular para o conteúdo

Gazetinhas 11/12/2013

* Depois do desastre, da hecatombe de domingo no Brasileirão ainda se vê algumas cenas comoventes pela cidade.

* Torcedores do Vasco e do Fluminense de cabeças reclinadas nos ombros um do outro se consolando, chorando as pitangas pela Segundona.

* De doer, de cortar o coração.

* Agora, filosofando, este país não teria graça sem essas gozações do futebol.

* Psiu! Silêncio, que os deputados estaduais estão em “esforço concentrado” para discutir e aprovar o orçamento de 2013 enviado pelo Governo do Estado, no valor de R$ 5 bilhões.

* Alguns pontos estão ‘pegando, como a insistência de alguns nobres que querem aprovar as chamadas ‘emendas impositivas’.

* Recursos que lhes seriam concedidos, individualmente, para destinar a projetos ou obras de suas bases eleitorais.

* Traduzindo para o português claro: mais dinheiro, bufunfa para a campanha eleitoral do ano que vem, mais do que já ganham.

* Consta, porém, que o Governo já teria se articulado com sua base e o projeto não deve ser aprovado.

* Com isso, o orçamento deverá ser aprovado e a previsão é a de que os deputados já devem entrar em recesso, de férias ainda esta semana.

* Os vereadores, também.

* Trabalho só em fevereiro ou março do ano que vem.

* Assim como para os deputados federais e senadores.

* São uns felizardos.

* Na plenária do PT, realizada no sábado passado, o governador Tião Viana provocou a oposição, dizendo que não tem projetos para o Estado.

* Até ontem, nenhum dos quatro, cinco candidatos a governador da oposição respondeu.

* Aliás, só o deputado Márcio Bittar.

* Em tempo: alguém precisa avisar, orientar o ghost-writer do deputado Márcio Bittar para ‘acertar a mão’ nos artigos que vem produzindo.

* Uma hora é a favor da ecologia, em seguida, contra e por aí vai.

* Com as férias chegando, voos estão saindo e chegando a Rio Branco lotados e o Acre é longe.

*    Um casal que saiu anteontem ao meio-dia (no horário do Petecão) de Rio Branco só chegou ontem às seis da manhã em Búzios.

* Motoristas precisam prestar atenção porque foram instalados dois radares na subida da Av. Antônio da Rocha Viana, depois da ponte do Igarapé São Francisco.

* O telefone toca. É um leitor querendo saber no que deu o inquérito aberto pela Polícia Civil para apurar o caso dos tapurus nos marmitex do hospital das Clínicas(?).

* Se foi sabotagem? Não foi? Se foi um descuido? Não foi?

* Enfim, depois de tanta celeuma e por se tratar de um caso grave, o povo quer saber.

* Ainda sobre futebol, torcedores “daquele time” não param de se gabar só porque ganharam uma copinha.

* Por pouco, muito pouco escaparam da Segundona.

* Voltando, mas devagar.