Pular para o conteúdo

Falência de empresas reduz no Brasil e Acre não registra nenhum caso nos últimos 2 anos

A quantidade de pedidos de falência recuou no mês de novembro, enquanto em outubro foi registrados 181 solicitações. De acordo com o Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações, no último mês em todo o país foram 136 pedidos de falência, sendo a maior parte de micro e pequenas empresas. A Junta Comercial do Acre (Juceac) afirma que nos últimos 2 anos não oficializou a falência de empresas no Estado.

De janeiro a novembro foram registrados 1.638 requerimentos ante 1.790 em igual período do ano passado. Os economistas da Serasa Experian justificaram que esta melhora é decorrente da queda dos níveis de inadimplência dos consumidores e da variação do número de dias úteis. Ele alerta, no entanto, para o fato de que as empresas estão ‘enfrentando uma situação de elevação de custos financeiros por conta dos sucessivos aumentos das taxas de juros’.

O total de falências decretadas caiu de 74 para 62. Mas, no acumulado desde janeiro, o número foi o mais elevado dos últimos 3 anos, com 697 processos. Em 2012, tinham sido deferidos 649 pedidos e, em 2011, foram 603.

Em 2011, no Acre foi registrado apenas 2 pedidos de recuperação judicial, que tem como objetivo reabilitar o empresário para o mercado de trabalho, paralisando os débitos, tornando a empresa ativa no mercado novamente, sendo possível até a retirada de certidões de quitação de tributos junto aos órgãos fiscalizadores.

A Juceac confirma, ainda, que no 1º semestre de 2013 foram registradas 2.687 novas empresas no Estado. Em comparação ao 1º semestre de 2012, houve um aumento de 18,1%. Em contrapartida, 377 empresas fizeram o cancelamento de registros no 1º semestre de 2013, aumentando 17% em relação ao mesmo período de 2012.

Vale ressaltar que os principais motivos para o encerramento das empresas são: a falta de capital de giro, deficiência nos planejamentos específicos, além de empresas fami-liares que não possuem um perfil para exercer as atividades.