Pular para o conteúdo

Salvando vidas

Todos os levantamentos divulgados até agora apontam para uma queda significativa dos acidentes de trânsito com feridos e vítimas fatais nas rodovias e nas cidades durante as festas de Natal e passagem do ano.

E todos os levantamentos indicam que essa queda deveu-se a um rigor maior na aplicação das leis de trânsito, sobretudo, da chamada  Lei Seca e Álcool Zero.

São números ou estatísticas que só vêm a reforçar a assertiva de que quando há determinação por parte das autoridades é possível sim senão zerar, mas, pelo menos, reduzir significativamente essa selvageria e matança que motoristas imprudentes e irresponsáveis costumam cometer nesses feriados prolongados.

Por conseguinte, essas estatísticas servem também para contrapor o argumento desses mesmos motoristas que se rebelam contra a aplicação da legislação, com a instalação de radares e outros instrumentos para disciplinar o trânsito tanto nas rodovias como nas cidades.

É preciso, pois, que esse mesmo rigor continue no dia-a-dia para salvar vidas, mas também para a educação de quem ainda não se convenceu que carro não é uma arma para matar ou aleijar.