Pular para o conteúdo

Tião assina ordem de serviço para o Mercado Central na Cidade do Povo

Além de assinar a ordem de serviço Tião Viana anunciou mais investimentos para o setor de habitação Foto Diego Gurgel SecomO governador Tião Viana assinou na manhã desta segunda-feira, 20, a ordem de serviço para a construção do Mercado Público Central da Cidade do Povo. A obra está orçada em mais de 3 milhões de reais e contará com 31 boxes, oito pensões, além da praça de alimentação. O mercado terá espaço total de mais de 2.600 m² e será construído com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e contrapartida do Governo do Estado.

O assessor especial de governo e ex-prefeito de Rio Branco, Raimundo Angelim, falou das expectativas das famílias que serão atendidas pelo projeto habitacional e dedicação da equipe de governo durante a execução da obra. “Essa obra é uma coisa nossa, é o projeto do povo do Acre. Aqui não serão apenas casas, isso será uma cidade e nós estamos empenhados em estruturar esse lugar da melhor maneira”, afirmou.

Para o presidente da Associação Comercial do Acre, Jurilande Aragão, a construção do Mercado Central é uma iniciativa louvável e que deve aquecer ainda mais a economia do lugar que deve abrigar aproximadamente 60 mil pes-soas. “O nosso estado ainda é carente e nossa população precisa de empreendimento como este. Muitas pessoas devem trabalhar aqui e terão condições de sustentar suas famílias. O governador Tião Viana está de parabéns”, disse Aragão.

O governador Tião Viana agradeceu o empenho de toda equipe de governo, dos trabalhadores da construção civil e pediu que cada um se esforce ainda mais para que o sonho da Cidade do Povo possa se concretizar o mais rápido possível. “Nós tivemos que parar as obras por 60 dias, mas já estamos recuperando o tempo perdido. Hoje, esse projeto é referência para o restante do país”, declarou Tião Viana ao anunciar que o Governo Federal deve lançar um plano de habitação que prevê a construção de mais 3 milhões de moradias em todo o Brasil. (Eduardo Gomes / Agência Acre/ Foto: Diego Gurgel/ Secom)