Pular para o conteúdo

Secretaria de Educação apresenta investimentos para o ano de 2014

 O governador Tião Viana recebeu na manhã desta segunda-feira, 6, na Casa Civil, o secretário de Educação, Daniel Zen, além do secretário adjunto de Esporte, Petronilo Lopes, e parte de sua equipe de trabalho, para falarem um pouco sobre as principais ações e projetos da educação no Acre para o ano de 2014. Considerado um ano chave, a Secretaria de Educação do Acre (SEE) se prepara para, além de continuar a série de investimentos, colocar em prática novas ações educacionais.

 Para este ano, estão sendo contabilizados R$ 640 milhões só para a folha de pagamento, R$ 105 milhões para manutenções administrativas e R$ 20 milhões para novos investimentos. Ao todo, a SEE hoje está com 397 obras em todo o estado, entre novas instalações e reformas. Entre elas podemos citar que escolas estão sendo reformadas, nove quadras de esporte novas sendo construídas, cobertura de duas quadras, construção de 49 novas escolas indígenas e 14 novas estaduais, sendo três dentro da Cidade do Povo.

 Entre as novidades no sistema educacional para este ano está o Instituto de Matemática e Filosofia, que funcionará em estrutura semelhante ao Instituto de Línguas – Centro de Estudo de Línguas (CEL). O lugar irá operar com cerca de 40 técnicos em matemática e filosofia, trabalhando com alunos selecionados avanços nessas áreas. Para o governador Tião Viana, o novo instituto é uma oportunidade única: “Filosofia é paixão. Temos que envolver as pessoas nisso mesmo. Temos que botar paixão nisso e monitorar os resultados”.

 Daniel Zen também comemora que, só em Rio Branco e sua região de entorno, mais de cinco mil novas vagas serão abertas na matrícula escolar. “E agora, a Secretaria de Esporte faz parte direta da Secretaria de Educação, tendo um orçamento de R$ 2,6 milhões para este ano, o que garantirá a realização de mais uma edição dos Jogos Escolares e celebração de convênios com entidades esportivas, mas procuramos maneiras de expandir mais esse valor”, conta o secretário de Educação.

 O governador gostou do planejamento da SEE para 2014 e lembrou que novos investimentos podem ser conquistados por meio de parcerias com o Ministério da Educação. Para ele, é possível realizar mais inovações educacionais sem onerar o Estado.