Pular para o conteúdo

PT do Alto Acre manifesta apoio à candidatura de Aníbal Diniz ao Senado

A caravana do Diretório Regional do Partido dos Trabalhadores (PT) que percorre os município do interior do Acre em sondagem sobre a posição do partido na disputa da vaga do Senado nas eleições de 2014, não podia ter tido resultado melhor para o senador Aníbal Diniz, que pretende disputar a reeleição em outubro. Na consulta feita em Assis Brasil, Brasiléia, Epitaciolândia e Xapuri, o resultado foi a constatação de um amplo apoio de militantes e dirigentes à candidatura de Aníbal Diniz e a busca da estratégia mais adequada para a reeleição do governador Tião Viana e a presidente Dilma Rousseff.

Uma caravana do Diretório, tendo à frente a vice-presidente do PT no Acre, Selma Neves e próprio Aníbal Diniz esteve nesses municípios na quinta e na sexta-feira. Também participaram da caravana, o deputado federal Sibá Machado, o deputado estadual Jonas Lima e Carlos Alberto Araújo, que representou o senador Jorge Viana.

Até o final de fevereiro, a Executiva Regional do PT pretende fazer a consulta em todos os diretórios municipais com o objetivo de fortalecer o nome de Aníbal Diniz no debate com os demais partidos da Frente Popular.

De acordo com a vice-presidente Selma Neves, o Diretório Regional do PT já decidiu pelo nome de Aníbal Diniz em reunião realizada no mês de outubro e ratificada pela nova executiva, eleita em novembro e empossada no início de janeiro. O processo interno deve ser concluído até o final de fevereiro, para que a definição no Conselho da Frente Popular aconteça em março.

“No dia 13 de janeiro, a Executiva se reuniu e deliberou que o PT vai apresentar o nome do senador Aníbal Diniz para a Frente Popular. Essa reunião também ratificou outra decisão tomada em outubro, que é a de que faremos consulta a todos os diretórios municipais e é isso que estamos fazendo agora durante esses encontros”, explicou Selma Neves.

Diretórios querem Aníbal senador
A visita aos diretórios municipais começou na quinta-feira por Assis Brasil. Daquele encontro, participaram dirigentes, parlamentares e militantes. Como nas demais cidades visitadas, o Diretório Estadual e demais membros da caravana, repassaram informações a respeito de como vem sendo conduzido o processo até o momento e abriram para que os presentes manifestassem suas opiniões a respeito.

Algumas das preocupações dos militantes foram levantadas durante esse primeiro encontro, principalmente de como ficará a formação da Frente Popular caso seja mantida a candidatura do petista, se isso forçaria a saída do PCdoB da coligação e qual o efeito disso no processo de reeleição do governador Tião Viana.

Aníbal Diniz afirmou que seu objetivo, assim como o dos demais, é de contribuir da melhor forma para a reeleição de Tião Viana e da presidente Dilma Rousseff. “O PCdoB tem o direito de lançar candidatura ao Senado, assim como qualquer outro partido da Frente Popular. O PT está usufruindo deste direito ao defender a vaga que hoje ocupo no Senado. No entanto, quero deixar claro que vou me submeter a qualquer decisão que for tomada pelo coletivo do partido, pois sou filho do coletivo e amante da democracia”, garantiu o senador petista.

Em Brasiléia, durante reunião realizada na noite de quinta-feira, o presidente do Diretório Municipal, João Araújo de Melo, o Joãozinho, foi taxativo em afirmar que o nome de Aníbal Diniz é praticamente uma unanimidade entre os dirigentes e militantes.

“A direção do partido pode levar essa mensagem de que o diretório municipal se reuniu em Brasiléia, em encontro que não é deliberativo, mas que é oficial e organizado pela direção estadual, e comunga com a ideia de que o senador Aníbal Diniz é o nosso candidato para ser apresentado à Frente Popular para disputar a vaga de senador nas eleições de outubro”, disse Joãozinho.

O ex-vereador e ex-presidente do PT Eduardo Menezes, o Edu, resumiu bem o pensamento de todos os petistas locais, bem como os das demais cidades visitadas. Edu considera que se o PT ceder a vaga que ocupa no Senado há mais 16 anos, estará, na verdade, reduzindo o seu tamanho. “Não conheço nenhum partido que cresça abrindo mão de um mandato parlamentar de tanta importância, como é o de senador”, argumentou. Em Brasiléia as vereadoras Erizete, Fernanda Hassem e Tereza, o vereador Rosildo e a ex-prefeita Leila Galvão manifestaram total apoio a Aníbal. O mesmo aconteceu em Epitaciolândia e Xapuri, com todos os parlamentares declarando apoio.

Da mesma forma, nas reuniões em Epitaciolândia e Xapuri, realizadas na sexta-feira 17, militantes, dirigentes municipais e parlamentares, expuseram fortes argumentos em defesa da candidatura de Aníbal Diniz, o que deve fortalecer seu nome nas discussões que estão sendo feitas no Partido dos Trabalhadores e na Frente Popular. No sábado à noite, estava agendada a reunião com o diretório municipal de Capixaba. (Assessoria Parlamentar)