Pular para o conteúdo

Credibilidade abalada

Já há algum tempo que os Correios precisam tomar medidas de segurança e evitar prejuízos severos à comunidade que utiliza de seus serviços.

Não faz muito tempo, a Polícia Federal localizou centenas de correspondências que foram para o lixo, na Unidade de Tratamento de Resíduos Sólidos de Rio Branco.

Ontem, mais um episódio, dessa vez, o roubo de um furgão com pelo menos 120 encomendas que foram enviadas pelo Sedex, causou danos a quem esperava que seu pedido seria recebido em casa ou no escritório.

Reiteradas pesquisas sobre a confiança de empresas mostraram que a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, a ECT, está à frente de instituições como a igreja e os Bombeiros.

Essa condição, em nenhum momento foi abalada, mesmo com as denúncias de corrupção envolvendo seus funcionários, cujas investigações desembocaram no escândalo do Mensalão, em 2006. No entanto, a ECT precisa aperfeiçoar a sua segurança. Em especial aqui no Acre, tem de aprender com os erros já cometidos em agências de outros estados, quando crimes semelhantes aconteceram.

Aos prejudicados, cabem protocolar ações de ressarcimento na Justiça, como forma de minimizar as perdas sofridas, infelizmente.