Mais responsabilidade

Nesses dias em que o Estado passa por momentos difíceis, com risco até de desabastecimento de produtos essenciais como alimentos e combustíveis por causa da cheia do Rio Madeira, a sociedade espera e exige um comportamento mais responsável e digno de algumas categorias de servidores públicos que decidiram fazer paralisações de suas atividades.

É o caso dos servidores da Suframa que decidiram suspender suas atividades, agravando ainda mais o abastecimento com a retenção dos caminhões que haviam conseguido transpor os obstáculos provocados pela alagação na BR-364 e na travessia da balsa e que foram retidos na entrada da cidade.

Nada a opor que trabalhadores exerçam seu direito de reivindicar melhorias salariais e de condições de trabalho. É possível que tenham suas razões, já que o poder público, com raras exceções, tem o mau costume de não cumprir acordos.

Contudo, esses e outros servidores que prestam serviços públicos essenciais precisam ter a responsabilidade e o bom senso de não prejudicar ainda mais a sociedade que vem passando momentos difíceis com esta situação de calamidade.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation