Polícia Federal detém civis com sete senegaleses ilegais entrando no Brasil

Senegaleses foram levados a sede da PF para serem ouvidos  Foto oaltoacre cedidaA Polícia Federal realizou na noite desta segunda-feira (10), mais uma operação policial na BR-317, no município de Brasiléia, visando a fiscalização de transporte de estrangeiros ilegais que entram no Brasil pela fronteira com o Peru.

Durante a operação, foram presos dois brasileiros que transportavam sete senegaleses sem que estes tivessem realizado qualquer procedimento migratório quando da entrada no território brasileiro.

Segundo a PF, os brasileiros de iniciais J.A.Q e T.F.P., ambos com 24 anos de idade, haviam buscado os estrangeiros ainda na vizinha cidade de Iñapari e cobrado a quantia de US$ 100 dólares americanos por cada passageiro, valor bem acima do cobrado pelo passageiro normal que é de R$ 30,00.

Os presos devem responder pelo crime de introdução clandestina de estrangeiro, cuja pena vai de 1 a 3 anos de detenção, podendo ser colocados em liberdade após o pagamento de fiança que pode variar entre 1 e 100 salário mínimos, ficando apreendidos os veículos e o dinheiro recebido pelo transporte.

A Polícia Federal ainda alerta que, para o transporte de qualquer estrangeiro que esteja entrando no Brasil pela fronteira com o Peru e seguindo para a cidade de Brasiléia, é obrigatória a passagem pela Polícia Federal em Assis Brasil, mesmo para os casos de solicitantes de refúgio. (Texto e foto: Alexandre Lima, da redação do Portal O Alto Acre)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation