Petecão critica discurso de Tchê sobre entregar o Acre para a Bolívia

PETECÃO 2 
O que parecia ser apenas uma expressão tornou-se uma dor de cabeça para o deputado José Luís Tchê (PDT). O senador Sérgio Petecão (PSD/AC) criticou as declarações de Tchê que sugeria a devolução do Acre para a Bolívia.

 O senador acreano disse ser totalmente contra a proposta do parlamentar pedetista e destacou que em diálogo com o senador boliviano, Roger Pinto Molina, que está exilado no Brasil, esse o revelou que para fugir da Bolívia teve que utilizar um bagageiro de um veículo para não ser morto pelo Governo boliviano.

“A situação em nosso Estado está difícil, o povo está perdendo as esperanças, mais segundo o senador a coisa por lá, esta muito pior. Ditadura da braba e tráfico de drogas, se falar morre”, comentou o senador Sérgio Petecão.

 O parlamentar recomendou, em tom de ironia,que o deputado José Luís Tchê, mude de ideia e ao invés de entregar o Acre para a Bolívia, saia da situação e venha fazer parte dos quadros da oposição. Acrescentou, também, que ao invés dos candidatos que forem derrotados nas eleições de outubro passarem as férias em Manacapuru-AM, passem na Bolívia.
“Nosso Estado tem uma das histórias mais bonitas deste país, um povo que lutou para ser brasileiro. Então, deputado Tchê mude de idéia, no lugar de entregar o nosso querido Acre, saia do lado deles, e nos ajude a mandar esse pessoal que esta no governo, pra lá, tirar umas férias com o ditador Evo Morales”, completou.

 Com o fechamento da BR-364, Tchê não foi o único a lamentar o descaso que o Governo Federal tem assumido com o Acre quando se omite a construir a ponte sobre o Rio Madeira. O líder do PT na Casa, deputado Geraldo Pereira, chegou a propor a independência do Acre. 

 Na última quinta-feira, 20, Tchê explicou sobre a sua fala, que segundo ele, foi mal interpretada por alguns setores da imprensa acreana. Disse que a ideia era cobrar mais empenho do Governo Dilma com o Acre.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation