Campanha de vacina contra Influenza começa com a meta de 157 mil acreanos

Criança recebe dose da vacina em posto de saúde
Criança recebe dose da vacina em posto de saúde

BRUNA LOPES

Com o tema ‘Quem lembra da vacina se protege da gripe’ a campanha de vacinação a gripe influenza pretende vacinar 157 mil acreanos. O dia D de vacinação ocorre no sábado, 26, na escola estadual Prof. Pedro Martinello. Precisam se vacinar crianças entre 6 meses até menores de 5 anos, gestantes e mulheres com até 45 dias após o parto, trabalhadores da saúde, indígenas, idosos a partir de 60 anos, portadores de doenças crônicas e a população penitenciária.

Segundo a diretora de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), Izanelda Magalhães, serão disponibilizados 325 postos fixos e móveis de vacinação. “Além disso, teremos 188 transportes, como carros, motos e barcos, para levar a vacina aos lugares de difícil acesso. Mais de 1,6 mil profissionais estarão trabalhando durante os dias de campanha, para garantir que a meta de cobertura seja atingida”, ressaltou.

O gerente da Divisão de Imunização e Rede de Frio, Ivan Galvão, destacou que a campanha tem como objetivo reduzir a mortalidade, as complicações e as internações decorrentes das infecções pelo vírus da Influenza.

A gripe Influenza é causada por um vírus que tem distribuição global. Estima-se que de 5 a 15% da população sejam acometidos pela doença e que existam de 3 a 5 milhões de casos graves, ocasionando em torno de 250 a 500 mil mortes por ano, em todo o mundo.

Transmissão da doença:

* Direta
Por meio de contato com secreções das vias respiratórias eliminadas da pessoa contaminada ao falar, tossir e espirrar.

* Indireta
Pelas mãos ou objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos e nariz).

Sintomas:
– Comprometimento das vias aéreas superiores;
– Congestão nasal;
– Rinorreia;
– Tosse, rouquidão, febre variável, mal-estar, mialgia (dor muscular) e dor de cabeça.

(Foto: Cedida)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation