Lei de Incentivo ao Esporte: comissão começa a avaliar projetos; 1,3 milhão serão investidos

Teve início no dia 3 deste mês o calendário de visitas aos municípios acreanos para a realização de entrevistas aos desportistas que tiveram projetos selecionados para a segunda fase da Lei de Incentivo ao Esporte. Este ano o Governo do Estado, por meio da Secretaria Adjunta de Esporte, irá investir R$ 1,3 milhão em projetos.

Os trabalhos são executados por uma comissão de avaliação da Lei. O roteiro das visitas aos desportistas começou pelas cidades de Acrelândia – seis projetos – e Plácido de Castro – 12 projetos.

A comissão também esteve no Alto Acre visitando Xapuri, Epitaciolândia e Brasiléia, onde foram avaliados 15 projetos. Em seguida, a equipe entrevistou os proponentes de Sena Madureira, com 21 projetos, e Manoel Urbano, com seis.

A próxima etapa foi realizada em Feijó, 19 projetos, e Tarauacá, com 25. A comissão avaliadora chegou ao Vale do Juruá, pela BR-364, na quinta-feira, 10. Em Cruzeiro do Sul foram analisados 38 projetos, e um em Mâncio Lima. Em Rodrigues Alves, ao todo, foram dez entrevistas.

Durante a caravana foram analisados 153 projetos, de acordo com o edital da Lei de Incentivo ao Esporte.

Os integrantes da comissão já avaliaram, nesta segunda-feira, 30 projetos de desportistas dos municípios de Senador Guiomard, Porto Acre e Bujari.

De acordo com o gestor da Lei de Incentivo ao Esporte, professor Erivaldo Castro, o cronograma prevê que até a próxima quinta-feira, 18, sejam analisados, somente em Rio Branco, 140 projetos. “O resultado final, com os projetos aprovados, será divulgado até o fim do mês”, disse. (Senildo Melo / Assessoria SEE)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation