Reitor e vice-reitora da Ufac recebem de Jorge Viana apoio para realização da SBPC

Senador se reuniu com reitor Minoru Kimpara e vice-reitora
Senador se reuniu com reitor Minoru Kimpara e vice-reitora

O senador Jorge Viana esteve reunido nesta segunda-feira, 14, com o reitor da Universidade Federal do Acre, Minoru Kimpara, e a vice-reitora, Guida Aquino, em busca de recursos e apoio em Brasília para realização da 66ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Trata-se do maior evento científico do Brasil que reúne especialistas de várias partes do país e do mundo para discutir ciência e tecnologia.

A agenda em Brasília teve como objetivo a busca de recursos para realização das atividades culturais do congresso. O primeiro encontro foi com o diretor de governo do Banco do Brasil, Janio Endo Macedo. Em seguida, o senador e os representantes da universidade se reuniram com Diretor de Articulação Institucional da empresa Oi/Telemar, José Zunga. Eles fizeram a apresentação do evento, que ocorre de 22 a 27 de julho no campus universitário de Rio Branco. A parceria do senador Jorge Viana reforça a luta já encampada pelo deputado federal Sibá Machado para realização do evento pela Ufac.

“Tenho procurado somar esforços com o deputado Sibá, que tem feito um grande trabalho de apoio à Ufac. Ele só não estava presente nas audiências porque se recupera de um problema de saúde. Estamos trabalhando juntos para que o SBPC possa ser o maior evento que o Acre já sediou para a comunidade técnico científica da região e do Brasil. E o lado cultural precisa ser valorizado”, declarou Jorge Viana.

De acordo com a vice-reitora, a programação cultural é de inteira responsabilidade da universidade e será um espaço para mostrar a produção cultural da região. “Serão shows musicais, exibição de vídeos, feira de produtos artesanais e outras atividades que mostram um pouco da nossa identidade. Esse apoio dos parlamentares tem sido fundamental para que a gente possa ter um resultado positivo para realização da SBPC”, declarou Guida Aquino.

A Universidade Federal do Acre já conta com apoio do Ministério das Ciências e Tecnologia para realização de parte do evento, mas os recursos são insuficientes para realização de todas as atividades programadas, afirma o reitor da instituição. “A expectativa é de reunir mais de 4 mil pessoas de outras localidades e mais de 15 mil de dentro do próprio Acre. Precisamos de uma boa estrutura para receber tanta gente”, explica Minoru.

Para o reitor Minoru Kimpara, a realização do evento vai colocar o Acre como vitrine para o Brasil e para o mundo. “Ciência e tecnologia são importantes em qualquer lugar do mundo, e são fundamentais em um estado que busca se consolidar e desenvolver de forma sustentável. Será uma oportunidade de socializar com a comunidade acreana os conhecimentos da comunidade científica do Brasil. E também será uma oportunidade de troca. De mostrar para o Brasil o trabalho de nossos pesquisadores, que muitas vezes não são de conhecimento da população. O Congresso vai propiciar essa socialização dos saberes científicos e tecnológicos”, declarou. (Assessoria Parlamentar)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation