Fracasso: “Fazenda” causa estragos na programação da Record

Quando um programa não dá mais audiência e também é um fracasso comercial, o bom juízo recomenda fazer o quê? Simplesmente acabar com ele. É bem por onde se encaixa a “Fazenda”, da Record.

Além do desgaste natural de algo que nunca atendeu a um mínimo de qualidade e bom gosto, existem outros tantos fatores que foram se acentuando ao longo das suas edições. Entre os principais, a falta de uma melhor condição ou capacidade das pessoas chamadas a participar. A cada ano, a sua produção tem se superado em reunir um quadro ainda mais inqualificável.

Não tem cabimento insistir com tal produto na grade, quando até a sua repercussão é praticamente nenhuma. Há uma visível rejeição, que só tem se acentuado por parte do telespectador.

E como decorrência disso, causando danos irreparáveis na própria grade de programação. “Plano Alto”, minissérie de reconhecida qualidade do Marcílio Moraes, deu três pontos, sexta-feira, na exibição do seu último capítulo. Sempre entrou tarde da noite, recebendo da “Fazenda”. Donde, com a maior justiça se deve concluir e reconhecer que três pontos ainda foi demais.

“Macho” é o tema do “Amor & Sexo” desta quinta-feira. A ideia é mostrar que o machismo e todos os preconceitos em torno dele prejudicam tanto homens quanto mulheres.
“Macho” é o tema do “Amor & Sexo” desta quinta-feira. A ideia é mostrar que o machismo e todos os preconceitos em torno dele prejudicam tanto homens quanto mulheres.

Tamanho da besteira
Enquanto insistir em coisas como a “Fazenda”, a Record deve esquecer a questão da qualidade. Investir em produtos como “Plano Alto”, na grade atual, é jogar dinheiro fora.

E convenhamos…
Na cabeça de quem é possível montar uma grade como a da Record? Ou em qual lugar do mundo o telespectador da “Fazenda” é o mesmo de “Plano Alto”? Em nenhum, com toda certeza.

Batata quente – 1
A Globo está quebrando a cabeça para desenhar o novo jornal das manhãs, o das 5h às 6h. A iniciativa veio antes da ideia. Do como será? A princípio, o informativo terá comentários gravados e participação de correspondentes. A batata quente encontra-se nas mãos do diretor executivo do Jornalismo, Mariano Boni De Mathis.

Batata quente – 2
Inicialmente, a redação do Rio seria responsável por este novo jornal, mas o plano foi abortado em consideração aos investimentos da concorrência na praça de São Paulo.     Aliás, já há quem julgue empurrar discretamente essa estreia para o ano que vem.

Passando a limpo
A novela que a Globo vai gravar em Nova York é “Lady Marizete”, de Alcides Nogueira e Mario Teixeira. Wolf Maya, acompanhado de um pessoal da sua equipe, está lá escolhendo as locações. Grava em fevereiro.

Por sua vez
“Rio Babilônia”, de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga, teve Paris e Dubai como escolhidas para dar o seu toque internacional. Além do Rio, onde ficará a fictícia cidade de Jatobá, do prefeito Marcos Palmeira, não estão previstas externas em outros pontos aqui mesmo no Brasil.

Gugu em fevereiro
A reestreia do Gugu Liberato na Record será em fevereiro, com um programa de variedades, formato aberto, às terças, quartas e quintas, faixa das 22h30. Será exibido, ao vivo, direto dos estúdios da GGP. Direção do Homero Salles.

Bacana
Figuras conhecidas, como Deborah Secco, Nando Rodrigues, Juliana Silveira, Carla Diaz e Bruna Di Tullio, entre muitos outros nomes, se declaram doadores de órgãos através das redes sociais.  Todos usaram um aplicativo desenvolvido pelo Ministério da Saúde que permite ao internauta registrar que é doador e, ao mesmo tempo, informar também aos familiares.

Circuito
Samantha, a paranormal vivida por Cláudia Raia em “Alto Astral”, vai aparecer em diversos programas da Globo, incluindo o de Fátima Bernardes. Já gravou o “Jô” e “Domingão”.  Por fazer mau uso de seus dons, Samantha acaba perdendo-os e passa a forjar desastres para chamar atenção da mídia. Suas armações serão sempre carregadas de trapalhadas e humor.

 Gato no telhado
Há quem tenha sérias dúvidas sobre retorno da Rachel Sheherazade ao “SBT Brasil” amanhã ou sexta-feira, como se tem anunciado. Essas pessoas entendem que dificilmente o “inchaço” no rosto dela vai desaparecer antes das eleições. Só depois.

Barraco 1
Logo depois da festa de lançamento de “Alto Astral” na Casa das Caldeiras, no sábado, a maioria do seu pessoal resolveu esticar até a boate Lions. Só que, chegando lá, um de seus atores passou a beber e a fumar descontroladamente num camarote fechado e deu o maior vexame.

Barraco 2
Após receber um pedido para se controlar, o tal ator, todo revoltado, mandou essa: Sabe com que você tá falando?… Eu sou ator da Globo!!!!!…Tentou dar a carteirada, constrangeu todo mundo e acabou sendo expulso do local pelos seguranças. Ceninha lamentável.

bate-rebate
*  A partir de 4 de novembro o Viva poderá ser visto em alta definição pelos assinantes da Sky.

* Bandeirantes está convocando os principais valores do seu elenco para antecipar as renovações de contrato.

* O SBT, idem, na mesma data. Os procedimentos são bem parecidos.

* O “Domingão do Faustão” passa a ser exibido de vez de São Paulo a partir do dia 2 de novembro.

* A Rede TV! irá fazer o “É Notícia”, ao vivo, na noite do domingo das eleições…

*… E Ricardo Boechat estará à frente da cobertura das eleições na Bandeirantes, a partir das 17 horas…

*… Espera-se apenas que não se repita a mesma conversa mole do primeiro turno…

*… E logo após o “Pânico”, também ao vivo, entrará um “Canal Livre Especial” sob o comando de Boris Casoy.

* A Record ainda não fala em um determinado período, mas já deu sinal verde para Marcílio Moraes armar a segunda temporada de “Plano Alto”…

*… Espera-se apenas que não inventem uma outra “fazenda” – minúscula mesmo – antes dela.

c’est fini
A tendência é que, despedindo-se do “Jornal Nacional”, Patrícia Poeta entre de férias na Globo e só volte ao trabalho, à frente de um novo projeto no ano que vem. Embora o comunicado oficial da emissora fale na sua mudança para o Entretenimento, ainda há uma dúvida sobre isso, ou seja, se ela realmente deixará o Jornalismo.
Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Assuntos desta notícia