Gazetinhas 22/10/2014

* Eita, que o inverno amazônico, este ano, veio caprichado!

* A previsão, segundo nosso brujo Davi Friale, é que o tempo continue instável na Capital…

* E que temporais atinjam o centro-oeste e o oeste do Acre, a partir desta terça.

* Feijó, Tarauacá e Cruzeiro do Sul devem ser os municípios mais prejudicados.

* E, no dia da eleição, chove ou não chove, El Brujo?

* Olha, que ele sabe o que fala…

* Na política, os resultados das últimas pesquisas, que apontaram a inversão no quadro eleitoral e a retomada do crescimento de Dilma Rouseff na corrida presidencial, garantiram nova injeção de ânimo à militância da FPA.

* E não se espante, leitor, se estiver distraído no trânsito por aí e der de cara com o senador Jorge Viana, apoiadinho na janelinha do seu carro.

* Ririri.

* De corpo e alma envolvido na campanha à reeleição de Dilma e do irmão Tião Viana, a rotina do senador tem sido acordar bem cedo e bater ponto nos semáforos mais movimentados da cidade para ajudar na panfletagem do 13.

* Diz o Dim que ele já aprendeu até a fazer malabarismos.

* Ririri.

* É isso aí.

* Nesta reta final, vale tudo, ou quase tudo, para conquistar a simpatia e o voto do eleitor.

* E o clima de tensão pré-eleição já começa a interferir também no comportamento do consumidor e no desempenho do comércio da Capital.

* Com a incerteza do futuro político do Estado, as concessionárias de veículos, por exemplo, já sentem o baque nas vendas, nas últimas duas semanas pra cá.

* Provavelmente, reflexo da insegurança do funcionalismo público, principalmente dos cargos comissionados, que, numa eventual troca de governo, precisariam reorganizar as contas e, claro, as dívidas a médio e longo prazo.

* Faz parte.

* Muito em breve, tudo volta aos eixos novamente.

* (Ou não, né?).

* Ainda sobre eleições, TRE informa que já começou o transporte das urnas para os 101 locais de difícil acesso do Acre.

* Destes, 42 regiões só podem ser acessadas por meio de helicóptero, e 12 estão na fronteira com o Peru.

* As urnas também são levadas por barcos ou caminhonetes traçadas.

* É quase uma operação de guerra e, praticamente, uma nova eleição para as equipes do Tribunal, já que todos os procedimentos de transporte e segurança precisam ser feitos, um a um, novamente.

* Vale a pena, pelo exercício da democracia.

* Ainda sobre a retomada da onda vermelha, lá vem o Lhé com mais um de seus SMS bombásticos:

* “1,2,3,4,5 mil… O povo não é bobo…Dilma e Tião de novo!”.

* Era uma rima, é, Lhé?

* Ririri.

* Tá certo. A essa altura do campeonato, toda forma de amor vale a pena.

Assuntos desta notícia