Polícias recebem coletes e armas para combater o crime

Equipamentos foram mostrados ontem à imprensa
Equipamentos foram mostrados ontem à imprensa

A atividade policial requer constante atualização, modernização e investimentos em equipamentos de proteção e armas adequados ao combate à criminalidade e à proteção da sociedade. Por isso, o Governo do Estado em parceria com o Governo Federal investiu, na compra de armas, coletes balísticos, munição, viatura e algemas para as polícias Civil e Militar.

Na manhã desta sexta-feira, 24, no auditório da Secretaria de Polícia Civil, governo através da Secretaria de Segurança Pública Sesp, entregou 24 pistolas 380 e 75 coletes balísticos à Polícia Civil. Na mesma ocasião foi entregue 21.277 munições de borracha para a Polícia Militar.

“Tem sido constantes os investimentos na valorização dos profissionais que trabalham na área de segurança, por parte do governo. A munição de borracha é para as tropas especiais, usadas somente durante a jornada de trabalho em situação de dispersão, por exemplo”, destacou o coronel José Anastácio, comandante da PM/Ac.

O secretário de Segurança, Reni Graebner, explica que os equipamentos foram comprados com recursos da Estratégia Nacional de Fronteiras (Enafron), do Governo Federal.

Conforme o secretário da Polícia Civil, Emylson Farias, essas armas e os coletes serão para os policiais que atuam na região de fronteira: “isso anseia dizer que o Estado esta vigilante no combate ao tráfico de entorpecente (crime matricial) que imprime uma cadeia de ilícitos, mas que vem sendo combatidos com firmeza pelo Estado/Polícia”, observa Farias. (Pedro Paulo/Asscom)

Assuntos desta notícia