Em postagem, Dilma menciona Aníbal Diniz e se mostra confiante pela aprovação de projeto de lei

Em página do Facebook e blog presidente Dilma Rousseff ressalta importância da aprovação do Projeto de Lei, de autoria do senador Aníbal Diniz, que tem por objetivo aumentar a presença feminina no parlamento. A primeira publicação acorreu no último domingo, 2, e a segunda postagem ontem, 3. Em ambas as postagens a presidente do Brasil se mostrou confiante pela aprovação do projeto.

Dilma Rousseff também compartilhou um discurso no qual o senador a parabeniza pela vitória nas eleições presidenciais. Em discurso na noite de ontem no plenário do Senado, o senador pelo PT do Acre, Aníbal Diniz, parabenizou a vitória da presidenta Dilma nas eleições do último domingo e comemorou o fato de ser ela dona de dois relevantes títulos na política brasileira: a primeira mulher eleita presidenta da República e a primeira mulher a ser reeleita no país. Segundo Diniz, autor do projeto de Lei do Senado que tem por objetivo aumentar a presença feminina no parlamento, a presidenta, diante de uma disputa acirrada, soube segurar com firmeza a situação, não deixando se levar pelas provocações. “No discurso após o resultado, ela teve a sensibilidade de propor uma união nacional. Isso é importante porque o processo eleitoral termina tão logo os números de votos são divulgados”, dizia a postagem na página da presidente.

No plenário, Diniz afirmou que tem grande expectativa em relação à discussão do projeto. Ele lembrou que a vitória de Dilma ajudou a fortalecer o papel da mulher na política, mas que, mesmo assim, sua presença ainda é pequena no Congresso.

“A reeleição da presidenta Dilma foi um componente muito interessante, porque a Sua Excelência foi a primeira mulher eleita e, agora, também a primeira mulher reeleita no Brasil. Mas, ainda assim, a nossa representação feminina no parlamento continua muito aquém da democracia brasileira.  Exatamente por isso, atendendo a esse clamor, apresentamos o PLS 132, o qual prevê que, nas eleições com duas vagas para o Senado, uma delas seja destinada às candidaturas das mulheres. Tenho certeza de que a gente vai ter a apreciação, nos próximos dias, dessa matéria, e vamos trabalhar firme para que ela seja aprovada e para que deixemos uma contribuição no sentido de melhorar o equilíbrio de gênero nesta Casa da República, que é o Senado Federal”, explicou. (Assessoria/ Foto: Reprodução do Facebook)

Presidente se referiu ao senador em postagem no Facebook
Presidente se referiu ao senador em postagem no Facebook

 

Assuntos desta notícia