Política local 21/03/2015

“Se o homem da caverna tivesse sabido rir, o curso da História teria sido mudado”.
(Oscar Wilde, poeta irlandês)

Medidas práticas
O governador Tião Viana tomou medidas práticas para ajudar os comerciantes atingidos pela cheia do Rio Acre, em Brasileia. Vai transferir o centro comercial para uma área não alagadiça e suspendeu a cobrança do ICMS para os empresários nesta situação. Não cabem mais medidas paliativas: os comerciantes não podem mais continuar nas atuais áreas alagadiças. Acabou.

Sangradouro do dinheiro público
Não pode mais é todo ano a área comercial ser alagada, com prejuízo aos empresários, e o governo e a prefeitura de Brasileia continuarem a gastar uma fortuna anual com a cheia.

Pegam o voto e somem
O que se tem notado nas reuniões do governador Tião Viana com a classe empresarial de Brasileia é a ausência da classe política, especialmente, os que tiveram votos no município.

O mesmo que enxugar gelo
Não será aprovado o projeto da deputada Eliane Sinhasique (PMDB) que pede que se fixe as escalas dos médicos nas unidades de Saúde. A escala já é feita, inclusive, com cópia para o MP.

Sem votos suficientes
Como a base do governo deverá votar contra a aprovação do projeto, o mesmo nasce morto.

Contribuição zero
O deputado Jenilson Lopes (PCdoB) revelou na tribuna da Aleac que o presidente do Sindicato dos Médicos, Ribamar Costa, lhe disse que o projeto da peemedebista não acrescenta nada.

Fazer isso é uma sujeira!
Há um movimento de se buscar uma “Nota de Repúdio” dos enfermeiros por menosprezo à categoria pela deputada Eliane Sinhasique. Sacanagem! Deturparam sua fala para lhe queimar.

Isso e tão somente
Apenas pediu que exames nas mulheres nas unidades de Saúde fossem colhidos por médicas.

Não se fica onde é rejeitado
É uma falta de tino político o vereador Rabelo Goes (PSDB) lutar para não ser expulso do partido. Sua permanência ficará um inferno, será visto sempre como a figura de traidor.

Esperar a expulsão e sair
Só lhe resta esperar a expulsão, pegar os seus panos de bunda e procurar outro partido para ele se filiar. No momento que for expulso,  ficará sem impedimento para buscar nova sigla.

Só falta querer nomear
Pela proposta do deputado Ghelen Diniz (PP) sobre os cargos comissionados do governo, só faltou incluir um tópico dizendo que tem que ser consultado antes de qualquer nomeação.

Chamado para uma conversa
Uma fonte do PT me disse ontem que, na hora certa o ex-prefeito Deda e a esposa, deputada Maria Antonia (PROS), serão convencidos a apoiar o Sebastião Correia a prefeito de Rodrigues Alves.

Partido da FPA
Sebastião Correia deverá deixar o PMDB para disputar a prefeitura por um partido da FPA.

O inferno está cheio
O prefeito de Tarauacá, Rodrigo Damasceno (PT), é bem intencionado. O seu calcanhar de Aquiles foi tornar a prefeitura num negócio familiar, isso é que acaba com a sua imagem.

Jovem de futuro
Rodrigo Damasceno, um jovem de futuro político, ou deixa de destinar obras, serviços para as empresas de familiares ou vai continuar a ser alvo de comentários negativos na população.

O mais grave
O mais grave é que a maioria dos partidos que o apoiaram romperam politicamente.

Pena sobre pena
Sobre uma suposta candidatura a prefeita de Sena Madureira, o prefeito Nilson Areal teria feito o seguinte comentário a um empresário da comunicação: “não sobrará pena sobre pena”.

Municípios problemas
Bujari, Sena Madureira, Acrelândia, Plácido de Castro e Capixaba são considerados problemas para o PT na eleição do próximo ano. A oposição venceu em todos na disputa do governo.

Candidato forte
Em Acrelândia, a se confirmar a candidatura de Tião Bocalom (DEM) a prefeito, este será praticamente imbatível, é muito forte. Uma derrota sua será como uma zebra gigante.

Surra histórica
Em Sena Madureira o PT pegou a surra mais emblemática, porque além do Tião Viana perder nos dois turnos, a oposição elegeu dois deputados, Nelson Sales (PV) e Ghelen Diniz (PP).

Alto Acre
Em relação ao Alto Acre o PT se sente mais confortável e acha que ganha em Epitaciolândia, Brasileia e Assis Brasil, onde tem candidatos fortes e deve investir pesado para vencer.

Costura delicada
Em Senador Guiomard, o PT terá que fazer uma costura delicada, buscar um candidato de consenso que não seja do seu partido, que não tem um nome com grande densidade eleitoral.

Descartem esta possibilidade
O senador Jorge Viana (PT) e o governador Tião Viana (PT) disputarem as duas vagas do Senado em 2018. Esqueçam esta possibilidade. Seria uma empreitada muito perigosa.

Gestor se conhece na crise
Você pode não gostar do prefeito Marcus Alexandre por um ou outro motivo, detestar o seu partido, o PT, tudo isso é aceitável. Mas, ninguém poderá levantar a voz para dizer que foi omisso durante este período de alagação na Capital, o maior e o mais longo. Dezenas de bairros continuam debaixo de água. Está fazendo um trabalho profissional, com toda a prefeitura empenhada, tirou os secretários do gabinete, enfim, envolveu toda a estrutura. Pode ter algum erro pontual, mas no coletivo dá uma aula de como gerir uma crise.

Assuntos desta notícia