Gazetinhas 11/03/2015

* Enfim, a ajuda tão prometida e esperada.

* Ajudazinha, inha, pelo menos por enquanto…

* Mas, do jeito que a coisa está, não se pode negar nada.

* Governo Federal anunciou, ontem, a liberação de 4,5 milhões aos municípios atingidos pela cheia.

* A maior parte, R$ 2,9 milhões, para a Capital;

* R$ 1,2 milhão para Brasileia;

* Pouco mais de R$ 724 mil para Xapuri, entre as maiores quantias.

* Assis Brasil recebeu o auxílio mais pobrezinho: R$ 57 mil.

* Simbólico, só pode…

* Não dá nem pra tapar o buraco do dente.

* E é o que temos pra hoje.

* A notícia da liberação dos recursos foi providencial para a chegada da presidenta Dilma a Rio Branco, confirmada para esta tarde.

* Depois do vem-não vem dos últimos dias, a assessoria confirmou a agenda no aeroporto da Capital e na Cidade do Povo, onde serão entregues as tais 966 casas às famílias desabrigadas pela alagação.

* O terceiro compromisso, que seria a visita aos abrigos, ainda não foi confirmado.

* Pode ir, presidenta…

* Os acreanos perderam quase tudo na cheia.

* Não deve ter muita panela por lá, não.

* Ririri.

* Só rindo pra não chorar mesmo.

* Apesar dos pesares, a visita de Dilma ao Acre, assim como as de seus dois ministros, na semana passada, é uma demonstração positiva da preocupação do Palácio do Planalto com a situação trágica do Estado.

* Mais ainda do prestígio dos irmãos Viana junto ao Governo Federal.

* Agora, é claro: vir de tão longe para prestar solidariedade somente com palavras, sorrisos e abraços calorosos já não basta, principalmente na conjuntura atual.

* O Acre precisa de ajuda, e muita ajuda, para conseguir se reerguer.

* E convenhamos: R$ 4,5 milhões ainda é um valor sofrível (pra dizer o mínimo), diante dos desafios que as prefeituras e o governo estadual terão pela frente.

* É de se esperar muito mais.

* Não só em recursos emergenciais, mas principalmente em projetos e investimentos a médio prazo, que garantam a solução definitiva dos problemas ocasionados pelas consecutivas cheias.

* #Oremos.

* Ainda falando em tragédia, lá vem ele, El Brujo Davi Friale, com mais umas de suas previsões catastróficas.

* Segundo nosso homem do tempo, Boca do Acre, no Amazonas, sofrerá a maior cheia dos últimos 10 anos…

* E o Rio Acre voltará a subir, nos próximos dias, na Capital, ultrapassando novamente a cota dos 17m.

* A situação já é esperada pela Defesa Civil, considerando as chuvas recentes em Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri.

* E se ele falou, tá falado.

* Lá vem água.

Assuntos desta notícia