Médicos e enfermeiros são capacitados para trabalhar na prevenção de doenças no pós-alagação

 A prefeitura de Rio Branco, através da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), realizou nesta quarta-feira, 25, a capacitação de médicos do programa Mais Médicos e de enfermeiros para trabalhar na prevenção de doenças no pós-alagação. A capacitação foi dividida em duas turmas (manhã e tarde) e aconteceu no auditório do Conselho Regional de Enfermagem (COREN).

Ao todo, participaram da capacitação para a prevenção de doenças como a dengue e a febre chikungunya no pós-alagação sessenta e seis médicos (todos do programa Mais Médicos, do Governo Federal) e aproximadamente oitenta enfermeiros. Os participantes da capacitação trabalham nas unidades de saúde que foram atingidas pela cheia histórica do rio Acre.

O objetivo da capacitação dos médicos e enfermeiros é reforçar o trabalho de prevenção, orientação e, quando for o caso, também o tratamento, além de levantar os casos suspeitos tanto de dengue e febre chikungunya como também de leptospirose, que é transmitida pela urina dos ratos.

Além dos médicos e enfermeiros, mais de duzentos Agentes Comunitários de Saúde também já passaram pela capacitação de prevenção de doenças do pós-alagação e nesta sexta-feira, 27, acontecerá, na sede do Palácio do Comércio, localizado na avenida Ceará, a capacitação dos Agentes de Endemias.

Os médicos e enfermeiros recebem reforço de informações de como tratar os casos de dengue, a febre chikungunya e também a leptospirose nos casos de pós-enchente. A alagação histórica do rio Acre atingiu cinquenta e três bairros e, por isso, a prioridade da prefeitura em reduzir ao máximo o número de casos dessas doenças.

De acordo com o chefe do Departamento de Unidades Básicas da Secretaria de Saúde (SEMSA), Félix Araújo, ao todo foram quinze unidades atingidas pela cheia do rio Acre e os próprios funcionários da Secretaria também foram atingidos diretamente pelas águas.

Devido ao grande número de pessoas e bairros a serem alcançados será necessário que todos os profissionais de saúde da prefeitura de Rio Branco tenham esse reforço na capacitação para atuar. “É um momento atípico e que precisa de uma resposta rápida, por isso vamos capacitar a maioria do nosso pessoal”, destaca a diretora de Vigilância Epidemiológica, Luana Esteve.

Na capacitação oferecida aos profissionais, a prefeitura de Rio Branco reforça as orientações de como as famílias devem proceder no retorno às suas casas, a forma segura de limpeza, com o uso de luvas, botas e sacolas, além da necessidade de ferver e filtrar a água, além de orientar o uso de hipoclorito e o descarte de objetos que estejam contaminados.

Curso do mais Medicos, Foto Adonay Melo 1

 

Assuntos desta notícia