Mutirão voluntário acontece em Rio Branco neste sábado

 Cerca de dois mil jovens se unem para fazer ações solidárias dos mais diversos tipos, no próximo sábado, 21, a partir das14h, em Rio Branco. Esses jovens fazem parte do projeto A Sociedade, onde 25 mil jovens, somente na região norte do Brasil, se inscreveram para participar de serviços de voluntariado e de potencialização de ações de bondade.

Garrafas de água serão distribuídas em diversos pontos da cidade para lembrar o Dia Mundial da Água. Asilos, orfanatos, hospital, Unidades de Pronto Atendimento (Upas) e até pessoas que circulam pelas ruas da Capital, serão alvos dos agentes do bem.

As Upas do Tucumã, 2º Distrito, da Baixada e o Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (HUERB) irão receber essas equipes de voluntariado. O objetivo é apoiar aqueles acompanhantes de pessoas que estão internadas, oferecendo água, refeições e transporte até em casa.

Se algum acompanhante estiver há muito tempo impossibilitado de sair do hospital, um voluntário da equipe pode oferecer companhia ao doente.

Segundo Hortência Oliveira, membro da organização da ação em Rio Branco, muitos acompanhantes passam semanas sem poder deixar o hospital, sem se alimentar corretamente ou até tomar um banho ‘relaxante’.

“As famílias também precisam ser amparadas, porque o atendimento nos hospitais é voltado apenas para o paciente. Há uma lacuna, e os jovens voluntários enxergaram nesta situação do cotidiano a oportunidade de ajudar”, explicou Hortência.

Outras ações vão ocorrer pela cidade. Não se preocupe caso um jovem ofereça uma carona ou até para carregar suas sacolas pesadas.

A Sociedade

O projeto iniciou este ano com a finalidade de envolver jovens da ‘geração do milénio’ em ações sociais periódicas. De acordo com dados da pesquisa divulgada pelo Datafolha, no final de 2014, apenas três em cada dez brasileiros realizam ações voluntárias.

Os entrevistados apontaram algumas razões para o distanciamento do tema: 60% das pessoas entrevistadas que jamais doaram tempo ou energia em beneficio de algum projeto, obra ou pessoa, não fizeram porque nunca foram convidados, 29% nunca foram convidados para participar de uma ação voluntária, 18% nunca pensaram nessa possibilidade e 12% não sabem onde encontrar informações sobre o tema.

Foram esses dados que motivaram a criação do projeto A Sociedade. O grupo se inspirou em dois jovens norte-americanos, que em 1879 se uniram para fazer o bem.

Para Francis Matos, colaboradora do projeto, disposição e querer ajudar são características fundamentais para quem quer participar. “A proposta é mostrar que a oportunidade de ajudar está sempre aos nossos olhos. E que nem sempre é necessário dinheiro para isso”, disse a colaboradora.

 

 

 

 

 

 

Assuntos desta notícia