Ministro vem ao Acre para efetivar liberação de benefício do INSS a atingidos com cheia

O ministro da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas, chega ao Acre neste sábado, 7, para efetivar a antecipação de benefício previdenciário à população atingida pela cheia do Rio Acre em Rio Branco e Brasileia.

Segundo o ministro, pouco mais de 44 mil beneficiários poderão fazer a solicitação e a estimativa é que cerca de R$ 37 milhões sejam liberados.

“Assinamos uma portaria autorizando a liberação do adiantamento do pagamento dos benefícios que os segurados já recebem, devido à catástrofe que vive o Estado do Acre nesse momento. Tanto Rio Branco quanto Brasileia poderá solicitar o benefício”, disse o ministro.

Os interessados devem procurar a agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). “Para receber o benefício, o cidadão vai à agência do INSS, preenche o requerimento, faz o pedido de adiantamento e, imediatamente, o dinheiro vai para a sua conta ou para o cartão”, informou o ministro.

De acordo com o Ministério da Previdência Social, os beneficiários que não puderem se deslocar até uma agência poderão fazer a solicitação através de equipes que estarão fazendo ronda nas áreas alagadas.

“Equipes da Previdência farão buscas pelas cidades de Rio Branco e Brasileia para localizar os beneficiários que não têm condições de sair de casa para ir a uma agência do INSS”.

O beneficiário que requerer a antecipação passará a ter o pagamento descontado a partir do terceiro mês subsequente e o valor será dividido em 36 parcelas. A liberação será feita a partir do primeiro dia útil do cronograma de março, e terá validade enquanto perdurar a situação.

O adiantamento é válido para todos os benefícios previdenciários, exceto os temporários, como o auxílio-doença.

Assuntos desta notícia