TJ/AC implanta novo módulo de segurança para garantir maior eficiência no uso do peticionamento eletrônico

Advogados precisam estar atentos aos dispositivos eletrônicos de que se utilizam e se certificar de que eles estejam livres de vírus e de outras ameaças.

Com o objetivo de proporcionar aos advogados maior segurança e comunidade no momento da petição eletrônica, sem comprometer a disponibilidade, confidencialidade, bem como proteger a integridade do Portal do TJ/AC, a Diretoria de Tecnologia da Informação (Ditec) do Tribunal de Justiça do Acre implantou um novo módulo de segurança para garantir maior eficiência no uso desta ferramenta.

Por tudo isso, ao peticionar eletronicamente, os advogados precisam estar atentos aos dispositivos eletrônicos de que se utilizam (como computadores) e se certificar de que eles estejam livres de vírus e de outras ameaças (como Malware, Cavalos de Tróia, Spyware, Worms etc).

A Ditec diz ser fundamental proceder com a instalação de um antivírus e mantê-lo atualizado, pois se houver qualquer risco, o endereço IP de internet será bloqueado por 15 minutos. Se continuar o problema será bloqueado novamente, até que não exista mais a ameaça de infectar o sistema.

Com o mesmo objetivo, tal procedimento já foi adotado e está em pleno uso nos tribunais superiores do País.

Assuntos desta notícia