Política local 18/04/2015

“Os egoístas não sabem conversar; eles só falam para si mesmos”.
(Amos Bronson Alcott, escritor americano)

Marcio Bittar está fora da disputa da PMRB
O deputado federal Wherles Rocha (PSDB) – que deve assumir a presidência do partido no próximo mês de junho –  disse ontem que conversou muito com o ex-deputado federal Marcio Bittar (PSDB) e este decidiu ficar fora da disputa da prefeitura de Rio Branco. Mas não da política. A meta do PSDB é buscar um nome novo para candidato à PMRB, enfatizou Rocha.

Candidatura descartada
Rocha também descartou ser candidato à PMRB, em 2016. É uma decisão irreversível, já disse ao senador Sérgio Petecão (PSD), que tentou me convencer a entrar nesta disputa, contou.

Candidatura vetada
O deputado federal Wherles Rocha  nega que o PSDB já escolheu o vereador Romário Tavares (PSDB) para ser candidato a prefeito de Cruzeiro do Sul: “o Romário não tem minha simpatia”.

Recado claro
Foi dado um recado claro, se o vereador Romário Tavares (PSDB) quer disputar a prefeitura de Cruzeiro do Sul, trate de escolher outro partido para levar o seu plano avante.

Nem aí para o PT
O vereador Aldemir Sales (PT) não está nem aí para as orientações partidárias e hoje é um dos principais aliados do prefeito de Epitaciolândia, André Hassem, um crítico petista ferrenho.

Sem vida longa
Pelas minhas fontes, com este comportamento, Aldemir Sales não terá vida longa no PT.

Aleac é lugar de debates políticos
O deputado Jairo Carvalho (PSD) quer transformar o auditório da Aleac em templo evangélico, com cultos às quintas-feiras. Não foi eleito para pregar, e o Legislativo é para debates políticos.

Nada contra
Nada contra os evangélicos e suas crenças, continuem fazendo seus cultos em seus templos.

Não tem como explicar
O senador Sérgio Petecão (PSD) pode tentar mil vezes, mas não terá como explicar a sua ausência de 1 ano das sessões do Senado. Até porque está tudo muito bem registrado.

Com a benção do PT
O vereador Ney do Miltão (PSD), que deve se filiar a um partido da FPA, será o candidato da aliança a prefeito de Senador Guiomard, em 2016, com o respaldo do governador Tião Viana.

Agenda política
Ney do Miltão estava na agenda desta semana do governador para ser recebido no gabinete.

Não tem um nome
Buscar um nome fora do partido é a única alternativa do PT de Senador Guiomard, que não tem nos seus quadros um nome forte para disputar a prefeitura no próximo ano.

Todos acomodados
O PV não pode reclamar de nada, a Chefe do Gabinete Civil, Márcia Regina, que é da direção partidária, acomodou em cargos nas secretarias as principais cabeças do partido.

Chega a ser surpresa
Não é fácil, mas o deputado federal Léo Brito (PT) conseguiu estar nos principais debates políticos, em Brasília, a ponto de ser entrevistado no Pinga-Fogo da Rede GLOBO.

Quase unanimidade
É pensamento no PMDB que a deputada Eliane Sinhasique deve ser candidata à PMRB, só que terá de convencer o deputado federal Flaviano Melo (PMDB), que prefere sempre indicar vices.

Não é uma gaiatice?
O prefeito de Manoel Urbano, Ale Araújo, defende que o governador Tião Viana assuma a prefeitura por três meses e lhe entregue a cidade arrumada. Não é uma gaiatice do Ale?

Para que foi candidato?
Por qual motivo foi candidato a prefeito de Manoel Urbano se não tinha condições de gerir o município? Não prometeu na campanha sanear a prefeitura? Não tem então do que reclamar.

É simples, renuncia ao cargo
Se o Ale acha que não tem condições de administrar uma prefeitura em tempo de crise, que renuncie e vá se dedicar às suas fazendas, como fazia antes. Não pode só ficar reclamando.

Hipocrisia política
É uma hipocrisia política quem nunca frequentou o Senadinho, de olhos nos votos, resolver de uma hora para a outra se tornar o pé de valsa das velhinhas fogosas do tradicional forró.

É bom esperar a reforma
Antes de pensar em chapa para vereador é bom os dirigentes dos partidos nanicos esperarem para ver como ficará a Reforma Política. O jogo não será o mesmo da atual legislação.

 Mau perdedor
Aécio Neves (PSDB) se notabilizou como um mau perdedor e ainda insiste em impeachment da Dilma, mesmo com ministros do STF dizendo que não existe fundamento jurídico para isso.

Eleição acabou
Pode-se criticar, denunciar, protestar contra o governo Dilma, mas querer lhe tirar do poder é golpe. A eleição acabou. E ponto final. Vá fazer oposição, só que sem golpismo.

Retrato do interior
O pedido do prefeito de Manoel Urbano, Ale Araújo, para que o governador Tião Viana nomeie um interventor e lhe entregue o município recuperado em sua estrutura urbana, hoje acabada, é o retrato fiel como se encontra a maioria das prefeituras do interior. Se não deu certo até agora não é no restante de mandato que vai dar. Os prefeitos não podem é querer transferir responsabilidades que são suas. Ou então, por qual motivo foram candidatos. O fardo é deles, que carreguem até a próxima eleição. Ou então renunciem. Das duas uma.

Assuntos desta notícia