Primeiro dia para solicitação do saque do FGTS é marcado pela tranquilidade

Uma grande estrutura foi montada no Estádio Arena da Floresta para atender a solicitação de saque do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) dos trabalhadores atingidos pela cheia histórica do Rio Acre. Por conta da quantidade de profissionais envolvidos, o tempo de espera é não ultrapassou uma hora. São distribuídas senhas das 8h às 13h todos os dias.

São aguardados nesta quarta-feira, 15, os trabalhadores com iniciais D e E. Os documentos exigidos no ato de solicitação são RG, CPF, carteira de trabalho e comprovante de residência. O valor máximo a ser sacado é R$ 6,2 mil.

A funcionária pública Carla de Souza esteve no local para pegar maiores informações sobre os documentos exigidos para o procedimento. “Na alagação, eu perdi muita coisa. Inclusive, documentos. Procurei o atendimento para saber como comprovar onde morava. Fui bem atendida”, confirmou.

Sobre o que vai fazer com o dinheiro, Carla falou que não pretende voltar a morar no bairro Seis de Agosto. “Já tenho um terreno e vou começar a construir longe das áreas que alagam. Nunca mais quero passar por isso”, desabafa.

O prazo para solicitação do saque termina do dia 29 de maio. Segundo a Caixa Econômica Federal, serão mais de R$ 40 milhões, que contemplarão trabalhadores de 45 bairros, totalizando 900 ruas.

A solicitação do saque do FGTS pode ser feita, também, por telefone, através do número 0800-726-0207. Opção 3. Para ter direito ao saque, os trabalhadores precisam ser residentes nas áreas que foram atingidas pela cheia, em municípios onde foi declarado estado de calamidade pública ou situação de emergência, caso de Rio Branco, Brasileia e Xapuri.

Assuntos desta notícia