Governo inicia campanha #PartiuAcre para fomentar turismo interno

 O governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo e Lazer (Setul), lançou na quarta-feira, 1, a campanha #PartiuAcre, na Biblioteca da Floresta, com a presença do governador Tião Viana. Com o objetivo de fomentar o turismo interno, o governo quer que o povo acreano passe a se conhecer melhor, visitando novas regiões e vivenciando a diversidade cultural dentro do estado. Com o apoio do empresariado local em descontos e pacotes específicos, a campanha quer ganhar espaço principalmente através das redes sociais.

“Nós estamos num ambiente com um nome muito forte no turismo: a Amazônia, que envolve mistério, tradições, culturas diferentes. O que está faltando é mobilidade, se unir, se integrar. Quantos acreanos conhecem Cruzeiro do Sul, nossas tribos indígenas, até mesmo pararam para observar o voo das borboletas em outubro? Temos um mundo para descobrir”, disse o governador Tião Viana.

A ideia é de que os próprios acreanos descubram o Acre, e por meio da hashtag #PartiuAcre ajudem a projetar isso nacionalmente pela internet. Entre as opções de turismo foram lembrados a APA do Lago do Amapá, opções de navegações pelos rios, sobrevoo na região dos geoglifos, balonismo, a trilha Caminhos de Chico Mendes, a rota de compras que leva até Cobija, os festivais indígenas populares na Europa e até mesmo conhecer grandes riquezas naturais como a Serra do Divisor e o Crôa.

A secretaria de Turismo, Rachel Moreira,revelou que as expectativas são grandes. “Esperamos um aumento do fluxo de turistas nacional em 5% e do interestadual em 10% este ano, principalmente nos próximos 12 feriados”, conta a secretária, explicando que o governo prevê receber quase 32 mil turistas este ano, gerando um impacto econômico de R$ 40,4 milhões.

Proprietário de uma agência de turismo, João Bosco foi o primeiro empresário a aderir à campanha. “Era o que nos faltava: essa promoção turística, essa ferramenta para chegarmos ao desenvolvimento turístico da nossa região”, conta o empresário, ao anunciar parcerias com as promotoras nacionais de turismo CVC e FlyTour.

Assuntos desta notícia