Deputado pede instalação de campus permanente da Ufac em Tarauacá

O líder do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) na Casa do Povo, deputado Jenilson Leite, durante pronunciamento na sessão de ontem, cobrou da Universidade Federal do Acre (Ufac) construção de um núcleo permanente, no município de Tarauacá.

“Queria aproveitar para registrar que os estudantes estão se mobilizando para fazer com que aquela região possa ser vista e a Ufac olhe com bons olhos. A ideia é que a nossa Ufac tenha um núcleo definitivo naquela região. Às vezes, muitos jovens saem de lá contra as suas possibilidades financeiras e tem que se deslocar para Rio Branco”, frisou.

O comunista comentou também sobre a audiência pública, realizada na manhã de quarta-feira, 8, no Palácio da Justiça, onde foi apresentado relatório de prestação de contas dos investimentos na área de Saúde, nos últimos três meses.

“Este encontro é de fundamental importância, pois é uma oportunidade de dar transparência aos gastos públicos e prestar contas quanto aos pactos firmados pela Secretaria de Estado de Saúde para o alcance de suas metas”, ressaltou.

Em relação às acusações do deputado Gehlen Diniz, ao ex-deputado Edvaldo Magalhães, também do PCdoB, Jenilson explicou que o processo foi arquivado após investigação por ter sido julgado improcedente as alegações levantadas na denúncia.

Magalhães foi denunciado por usar dinheiro público em uma viagem de Cruzeiro do Sul a Manaus, com vários parlamentares da época e assessores. O comunista lembrou que a denúncia foi considerada improcedente pelo Poder Judiciário.

“A denúncia foi investigada e arquivada por ser considerada improcedente. O PCdoB é o partido que mais tem tido o cuidado e procurado honrar as instituições públicas. Eu não me lembro em nenhum lugar em que o PCdoB foi citado em escândalos. Quero dizer que o PCdoB não comunga com a corrupção. O nosso partido quer sim, que seja investigado o Petrolão e coloque na cadeia os culpados”, enfatizou.

Assuntos desta notícia