Polícia Civil deflagra 17ª ‘Operação Impactus’ e prende 10 pessoas

A polícia cumpriu 12 mandados judiciais e prendeu 10. (Foto: Cedida)
A polícia cumpriu 12 mandados judiciais e prendeu 10. (Foto: Cedida)

A Polícia Civil deflagrou na manhã de ontem, 6, a 17ª ‘Operação Impactus’. A polícia cumpriu 12 mandados judiciais e prendeu nove pessoas, além da apreensão de um adolescente de 17 anos, suspeito de realizar furtos, assaltos, tráfico de drogas e receptação.

Durante a operação, os policiais apreenderam drogas, quatro televisões, um notebook, um videogame, um aparelho de som para carro e R$ 217 em dinheiro.

Segundo Nilton Boscaro, delegado de Polícia Civil, os suspeitos foram preso nos bairros Novo Horizonte, Defesa Civil e Recanto dos Buritis.

Entre os presos, a polícia pegou em flagrante Cláudio Sena da Silva, 34 anos. O suspeito foi flagrado em posse de várias porções de cocaína, a droga estava embalada em balões, supostamente pronta para ser introduzida no corpo.

Boscaro destacou a prisão de Cláudio, o homem é suspeito de levar droga escondida dentro de balões para o presídio. “Foi preso um cidadão que acondicionava essas drogas em balões, depois colocava na parte íntima e entrava no presídio. Ao todo, foram dez pessoas presas e um adolescente apreendido. Essa operação é resultado de um trabalho da Delegacia Itinerante, em parceria com o Grupo de Captura e 80 policiais participaram da operação”, esclareceu.

No total, a polícia apreendeu 598 trouxinhas de cocaína, 102 gramas de maconha e 11 peças de crack. O menor apreendido foi encaminhado para a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

Foragido de Rondônia é preso – Ainda durante a ‘Operação Impactus’, um foragido da Justiça de Porto Velho, foi preso no bairro Morada do Sol. O suspeito estava sendo procurado desde 2013, por porte de arma de fogo.

De acordo com Boscaro, o foragido teria sido preso em 2013 em flagrante, por porte ilegal de arma de fogo. O suspeito será encaminhado para o presídio Francisco de Oliveira Conde.

“Ele vai ser encaminhado para o presídio daqui do Estado e lá deve ser decidido quando o suspeito será levado para Porto Velho”, explicou o delegado.

A polícia não soube informar desde quando o suspeito estava no Estado. (Com informações do portal G1/Acre)

Assuntos desta notícia