Pular para o conteúdo

CAMPEONATO ACREANO: Estrelão é bicampeão!

Com quase 2 mil pessoas no Estádio Florestão, Rio Branco confirmou favoritismo . (Foto: João Paulo Maia)
Com quase 2 mil pessoas no Estádio Florestão, Rio Branco confirmou favoritismo . (Foto: João Paulo Maia)

Com a vitória por 2 a 0 em cima do Galvez no jogo de volta da final, o Rio Branco conquistou o bicampeonato acreano na noite de sábado, 27, no estádio Antônio Aquino,  o Florestão, na Capital. Na primeira partida, o Alvirrubro havia vencido por 2 a 1, no último fim de semana, e ficou com a taça. O título garante o Rio Branco no Campeonato Brasileiro da Série D deste ano e na Copa Verde 2016. Os dois finalistas estão garantidos na Copa do Brasil 2016. O público pagante foi de 1.762 torcedores, com renda de R$ 12.670,00.

Essa é a 45ª conquista estadual da história do Rio Branco. Com o bi, o time estrelado se iguala ao Internacional no número de títulos estaduais no século XXI – cada um foi campeão 11 vezes em 15 anos. Este ano, o troféu homenageia o ex-presidente do Rio Branco, Edmir Borges Gadelha.



Evandro decide
Com o estádio recebendo número expressivo de torcedores, o Galvez foi para cima, já que precisava vencer por um gol de diferença para levar a disputa para a prorrogação – e dois para ser campeão. A primeira grande chance no duelo foi de Alexandre Matão, do Rio Branco. Artilheiro do estadual com 14 gols, o atacante dominou pela esquerda e chutou cruzado para fora. O Imperador respondeu aos 15. Alcione avançou pela esquerda e arriscou da entrada da área. O goleiro Tiago Rocha fez bonita defesa e salvou o Alvirrubro.

Durante todo o primeiro tempo, o lado defensivo esquerdo da equipe militar proporcionou as melhores chances de gol ao adversário. O show de Evandro Russo começou aos 17. O camisa 7 arrancou pela direita e cruzou à meia altura. O goleiro Máximo falhou e espalmou nos pés de Robinho, que só teve o trabalho de empurrar para as redes: 1 a 0. Aos 38, Evandro bateu falta e a bola ficou na barreira. No rebote, o meia dominou e chutou bonito, no canto superior direito do arqueiro: 2 a 0.

Na etapa final, uma “blitz” estrelada nos primeiros minutos, com oportunidades criadas pelos lados do campo. Com o resultado parcial, o time alvirrubro passou a apostar na velocidade do ataque, enquanto o Galvez tentava reagir, com apoio da torcida. Aguinaldo, do  Rio Branco, nos minutos finais, quase fez o terceiro, mas a bola bateu na trave. Com uma defesa sólida e sem chances para o adversário, o Alvirrubro garantiu a vitória e a taça pelo segundo ano seguido.

Sortudas
As lojas Móveis Gazin, patrocinadora oficial do estadual, fez o sorteio de dois caminhões de prêmios no intervalo da final, por meio da campanha “Vem pro Jogo”. As torcedoras foram: Andréia Maria Costa Santos e Rosicleia da Cunha Souza. Cada uma ganhou uma mobília no valor de R$ 14 mil.

OS MELHORES DO ESTADUAL 2015

Goleiro: Máximo (Galvez)
Lateral-direito: Pedro Balú (Rio Branco)
Lateral-esquerdo: Fábio Júnior (Plácido de Castro)
Zagueiros: Carciano (Rio Branco) e Martinez (Rio Branco)
Volantes: Marzagão (Rio Branco) e Kinho (Rio Branco)
Meias: Testinha (Atlético/AC) e Neném (Galvez)
Atacantes: Alexandre Matão (Rio Branco) e Robinho (Rio Branco)

Técnico: Célio Ivan (Plácido de Castro)
Revelação: Jô (Alto Acre)
Craque: Alexandre Matão (Rio Branco)
Árbitro: Carlos Ronne Casas
Assistentes: Rener Santos e Jean Carlos

error: Conteúdo protegido!!!