Pular para o conteúdo

Polícia da Paraíba prende 2 acreanos envolvidos em clonagem de cartões

 A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) de João Pessoa, prendeu na terça-feira, 28, mais duas pessoas envolvidas em clonagem de cartões e compras indevidas. Foram presos João Mirle do Vale Leal, 42 anos, e Luís Henrique Leal, 23 anos. Os dois são suspeitos de participarem de um esquema criminoso de falsificações, não só na Paraíba, mas em outros Estados do Brasil.

De acordo com o delegado adjunto da DDF, Ragner Magalhães, a dupla presa faz parte do desenrolar da ‘Operação Trojan’, iniciada esta semana. “Depois que prendemos alguns integrantes da quadrilha, com os depoimentos nós conseguimos chegar a João Mirle e Luís Henrique. Os dois usavam carros de luxo e tinham muito dinheiro, sacado indevidamente da conta de pessoas que tiveram os cartões clonados”, disse o delegado.



Os dois foram presos em uma abordagem policial em um Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Posto de Mamanguape, e estavam em um carro de luxo, que também foi apreendido. Ambos são naturais do Acre e estavam hospedados em um Flat no bairro do Cabo Branco. Com a dupla foram apreendidos cartões de crédito clonados, leitor de cartão de crédito e um notebook com programas utilizados na obtenção e fabricação de cartões clonados.

Os dois foram encaminhados para a Penitenciária do Róger e vão responder pelos crimes de estelionato e associação criminosa. Até o momento, quatro pessoas foram presas na ‘Operação Trojan’, desencadeada pela Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa.

error: Conteúdo protegido!!!