Pular para o conteúdo

“Ele sentiu-se indisposto devido a problemas de saúde”, disse cunhada de Hildebrando Pascoal

 O ex-coronel da Polícia Militar e ex-deputado federal, Hildebrando Pascoal Nogueira Neto, de 63 anos, deu entrada na manhã dessa segunda-feira, 10, no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb). Segundo a advogada Fátima Pascoal, cunhada do ex-coronel, ele sentiu-se indisposto devido a problemas de saúde.

Procurada pela equipe do jornal A GAZETA, a advogada e cunhada de Hildebrando, confirmou que ele sentiu um mal estar e foi encaminhado para o Huerb. “Ele foi fazer uma lavagem estomacal”, disse.



Em contraposição, o diretor do presídio Antônio Amaro, Thiago Silva, afirmou que Hildebrando foi encaminhado para o hospital para a realização de procedimentos simples e de rotina. “É uma situação corriqueira. Toda semana ele faz algum acompanhamento médico”, alegou.

O ex-coronel foi liberado no início da tarde de ontem, e encontra-se novamente recluso na unidade prisional Antônio Amaro, a “papudinha”.

Semana passada, o Tribunal de Justiça do Acre (TJ/AC) atendeu o mandado de segurança com pedido de liminar do Ministério Público Estadual do Acre (MP/AC), e derrubou a decisão da juíza da Vara de Execuções Penais, Luana Campos. A decisão concedia a progressão de pena para o regime semiaberto do ex-deputado federal.

IMG-20150810-WA0030

Fotos: Gleyciano Rodrigues
Fotos: Gleyciano Rodrigues

 

error: Conteúdo protegido!!!