Pular para o conteúdo

“Acre: Made In Amazonia”: floresta, economia verde e urbanismo em Milão

Tião Viana disse que o Acre apresentou identidade cultural e histórica da região Amazônica e do Brasil. (Foto: Rose Farias)
Tião Viana disse que o Acre apresentou identidade cultural e histórica da região Amazônica e do Brasil. (Foto: Rose Farias)

O governador Tião Viana está liderando uma equipe que participa da Exposição Universal das Nações Unidas (Expo 2015), em Milão, na Itália.

Nesse evento, que promove a troca de conhecimento entre povos com valores e estilos de vida diversos entre 100 países, o Dia da Amazônia, 5 de setembro, foi celebrado no Pavilhão do Brasil tendo o Acre como protagonista.



A importância de se consolidar uma política com práticas que busquem, cada vez mais, um modelo de desenvolvimento sustentável para o mundo deram o tom do evento, que foi coroado com o show do acreano João Donato.

A participação do Acre vai ao encontro do tema da Expo “Alimentando o Planeta, Energia para a Vida”. Durante todo o dia do evento, foram realizados encontros e reuniões com empresários de indústrias, buscando oportunizar e prospectar negócios em empreendimentos coletivos atuantes nas cadeias produtivas dos super-alimento (açaí e castanha), mandioca, proteína animal (aves, bovinos, suínos, ovinos e peixes), mel, óleos e borracha natural, além da gastronomia e design, buscando um modelo de cooperação econômica e sustentável.

O governador Tião Viana, o secretário das Relações Exteriores da Lombardia, Mário Montovani, o embaixador Paulo Cordeiro de Andrade, cônsul-geral do Brasil na Itália, Adriano de Angelis, assessor especial do Ministro da Cultura, Juca Ferreira, Marco Lomanto, diretor de produtos e destinos da Embratur, e Solete Foizer, da Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos, abriram o evento. Secretários de governo, empresários acreanos, autoridades italianas e convidados participaram do Dia da Amazônia.

Para Tião Viana, participar da Expo Milão tem um significado que apresenta uma imagem que ficará congelada no tempo e na história civilizatória.

“O mundo reúne na Expo Milão suas expressões e identidade. Hoje é Dia da Amazônia, um jardim de Deus, um grande refrigerador do planeta, que tem uma importância vital nesse tempo de aquecimento global e alterações climáticas. Estamos muito felizes de estarmos participando deste momento tão significativo e especial. Estamos trazendo um pouco da identidade cultural e histórica da região Amazônica e do Brasil. Essa nossa missão de unirmos povos e sentimentos era uma equação que parecia tão difícil, mas que para nós do Acre não é mais: de conviver com a floresta, conservá-la, mas permitir a qualidade de vida e o crescimento econômico associado. No Acre estamos desenvolvendo cadeias de ovinos, bovinos, piscicultura, mel e frutas naturais, e o uso inteligente da madeira, para a cadeia da indústria e o mercado que nos valorize por isso, o que importa para nós é que cada atividade tenha boas práticas”, ressaltou o governador.

MouUnder2
Como um dos principais resultados e movimentos dentro da Força-Tarefa de Governadores para o Clima e Florestas (GCF), o MouUnder2, acordo que visa reduzir em dois graus a temperatura do planeta até 2020 pela contenção das emissões de gás carbônico, segundo meta da Organização das Nações Unidas (ONU), passou a ser uma das missões e protagonismo do Acre na busca de mais estados e províncias (entidades subnacionais) que possam aderir ao compromisso.

Durante a ExpoMilão 2015, o Acre promoveu no Dia da Amazônia, 5, uma série de atividades, entre elas um encontro no qual os estados de Rondônia, Amazonas e Tocantins assinaram o documento junto à região italiana da Lombardia. Mantovani disse que esse tipo de atitude permite que o mundo conheça mais de uma região tão bela como a Amazônia e que todos devem ter compromisso com esta parte do planeta.

O governador de Rondônia, Confúcio Moura, também assinou o documento, acompanhado pela vice-governadora do Tocantins, Claudia Lelis, assim como o secretário de Meio Ambiente do Amazonas, Ademir Stroski.

Já o Acre é signatário e membro fundador do MouUnder2, um documento que detalha e firma o compromisso de cada um de seus integrantes com o planeta. É um passo importante também para o acesso ao mercado de carbono. O documento também deverá ser apresentado na COP 21, que será em dezembro, na França, como uma proposta concreta de união e resultados, com compromissos e metas.

Tião Viana apresentou as políticas que vêm sendo desenvolvidas no Acre durante o encontro com empresários. (Foto: Agencia Acre)
Tião Viana apresentou as políticas que vêm sendo desenvolvidas no Acre durante o encontro com empresários. (Foto: Agencia Acre)

Empresários estrangeiros se reúnem com Tião
Além da ExpoMilão 2015, o governador Tião Viana participou de um encontro na sede da Região Insubrica, cidade de Mezzana, na Suíça italiana, cumprindo uma das ações de sua agenda na Itália, que tem como objetivo apresentar as políticas que vêm sendo desenvolvidas no Acre, e com isso buscar o incremento e a prospecção para futuros negócios com empresas e indústrias italianas. A reunião se deu na sexta-feira, 4.

A delegação foi convidada pela presidente da Região Insubrica e Provincia de Como, Maria Rita Livio, e o secretário e chanceler do CantoneTicino, Giampiero Giannela. Participaram dessa reunião o deputado federal César Messias, o presidente do Sebrae-Acre, Mâncio Cordeiro, secretários de governo e empresários do Acre.

Durante o encontro, Tião Viana apresentou aos empresários, representantes de instituições e indústrias a política que vem sendo desenvolvida no Acre, que tem como marco a sustentabilidade, com a valorização da floresta e o incremento aos empreendimentos que unem o público, o privado e o comunitário.

Para a presidente da Região Insubrica, Maria Rita Livio, o primeiro contato com o Acre tem como motivação o fato de o estado possuir uma riqueza de produtos naturais e que precisa ser difundido pela forma como vem sendo implementada sua política de desenvolvimento econômico e industrial.

“O Acre é um estado muito rico em produtos, principalmente na área de alimentação. São produtos que podem ser utilizados de forma industrial, mas que o governo tem buscado um modelo que é muito importante a ser seguido, em que são processados de forma sustentável. Esse é um tema central, não somente da Expo Milão, mas que deve ser seguido por todos e se encaixa na forma de respeitar o meio ambiente e os recursos naturais”, disse.

“Tivemos muito êxito em algumas cooperações com a Itália, como a do Politécnico de Milão, que já operacionalizou o intercâmbio de formação e tecnologia de vários jovens, para alcançarmos daqui a trinta anos o padrão do politécnico. É importante dizer que tem que desenvolver, conservar e assegurar a qualidade de vida para nosso povo. Nós fizemos a opção da diversificação da base econômica com o bom uso dos recursos naturais florestais. Estamos desenvolvendo cadeias de ovinos, bovinos, piscicultura, mel, frutas e o uso inteligente da madeira, para a cadeia da indústria e o mercado que nos valorize por isso. O que importa para nós é que cada atividade tenha boas práticas”, disse o governador.

Sabor acreano na ExpoMilão
A gastronomia é uma das formas de apresentar um lugar e suas especificidades, e essa foi a maneira que o famoso chef de cozinha Enzo De Prà, conhecido por fazer parte de uma família que está na quarta geração no comando do conceituado Ristorante Dolada, utilizou para mostrar um pouco do Acre a empresários da Itália.

O encontro gastronômico realizado na noite de sexta-feira, 4, fez parte da agenda da comitiva do Acre que participa da Expo 2015, em Milão. Mas, para esse momento se concretizar, o chef Enzo esteve recentemente em Rio Branco, para conhecer os sabores da culinária acreana. A imersão de Enzo no Acre possibilitou que ele conhecesse importantes empreendimentos, como o Complexo de Piscicultura Peixes da Amazônia S.A, a Cooperativa Central de Comercialização, a Cooperativa Central de Comercialização Extrativista do Acre (Cooperacre) e o Frigorífico Annasara, da Cordeiros da Amazônia.

Acre é notícia no jornal italiano CorrieredellaSera
O mais importante jornal italiano, CorrieredellaSera, deu destaque ao Acre ao prestigiar seu evento realizado no Dia da Amazônia, 5, durante a Expo 2015, realizada em Milão, na Itália.

O jornal entrevistou o governador Tião Viana durante as atividades que foram promovidas no auditório do Pavilhão do Brasil, entre elas a apresentação de um catálogo de produtos, um vídeo institucional que mostra o momento que vive o estado, alinhado às boas práticas na busca de desenvolvimento, apostando na tecnologia e sustentabilidade. (Andréa Zílio e Rose Farias / Agência Acre)

error: Conteúdo protegido!!!