Pular para o conteúdo

Polícia Civil prende homem que matou mototaxista na Transacreana

 A Polícia Civil apresentou nesta terça-feira, 08, o homem responsável pela morte do mototaxista Lucídio de Souza Barbosa, de 49 anos, encontrado no dia 15 de julho em um ramal na região da Transacreana. Marcondes da Cruz Gomes, de 24 anos, mais conhecido como “Sarapó” já conhecia a vítima e confessou ter assassinado o Lucídio para ficar com a moto do mesmo.

“Após a localização do corpo, iniciamos a investigação com a hipótese de latrocínio, devido à ausência da moto na cena do crime. Conseguimos muitas provas técnicas que levaram até ao autor. Além disso, ele também disse para terceiros que havia praticado um crime e, através disso, conseguimos chegar até ele”, disse o delegado da 3ª Regional de Polícia Civil, Fabrízio Sobreira.



Todo o trabalho de investigação teve início quando a família do mototaxista Lucídio de Souza Barbosa registrou, no dia 13 de julho, na delegacia da 5ª Regional de Polícia Civil, o desaparecimento do mesmo. Desde então, tiveram início as buscas. Segundo a investigação, Marcondes já conhecia a vítima e o crime foi premeditado. A corrida com o mototaxi era para colocar o mesmo em uma cilada e praticar o crime.

“A elucidação desse caso é fruto de um trabalho investigativo, iniciado logo após a denúncia de desaparecimento da vítima. Foram 20 dias de investigação, solicitamos a prisão preventiva e iniciamos as buscas atrás do Marcondes. Felizmente o prendemos no último final de semana e agora ele fica à disposição da justiça para que seja julgado por esse crime”, concluiu Sobreira.

error: Conteúdo protegido!!!