Primeiro caso de chikungunya é confirmado em Cruzeiro do Sul

 A secretária de Saúde do município de Cruzeiro do Sul, Lucila Bruneta, confirmou a informação de que o município teve o primeiro caso de Febre Chikungunya registrado. Segundo a secretária, a doença foi confirmada em uma mulher de 43 anos.

Lucila afirma que a mulher contaminada, moradora do Bairro Morro da Glória, não saiu de Cruzeiro do Sul. O caso foi notificado à Saúde em janeiro deste ano.

“É um caso de Cruzeiro do Sul mesmo, a pessoa não viajou. Então isso significa dizer que já tem contaminação na cidade, ou seja, já temos Chikungunya aqui. A paciente já está bem, não foi um caso muito sério, não teve grandes transtornos. Foi um tratamento simples, apenas com hidratação e observação”, disse a secretária.

Ainda de acordo com Lucila, o bairro Morro da Glória apresenta infestação do Aedes aegypti considerada alta, ou seja, alto risco de transmissão das doenças provocadas pelo mosquito. (Com informações do portal G1/Acre)

Quais os sintomas da Febre Chikungunya?

Os sintomas da doença são semelhantes aos da dengue: febre, mal-estar, dores pelo corpo, dor de cabeça, apatia e cansaço. Contudo, a diferença da chokungunya está no acometimento das articulações, o vírus avança nas juntas dos pacientes e causa inflamações, inchaço, vermelhidão e calor local.

 

Assuntos desta notícia