Gazetinhas 15/04/16

* 15 de abril histórico para o Brasil.
* Nem mandados de segurança, nem uma tardia proposta de “Pacto Nacional” impediram o início do processo de discussão do impeachment da presidente Dilma.
* Entorpecidos pelos discursos do “não vai ter golpe”, os petistas parecem ter perdido o time da história…
* E, encurralados por uma crise política sem precedentes, veem cair todas as estratégias capazes de modificar o cenário da derrota.
* Tá certo que a política é dinâmica…
* Os políticos, volúveis;
* E, até domingo, muita coisa ainda pode mudar.
* Mas, o que temos pra hoje é o começo dos trâmites da votação, com as apresentações dos discursos de acusação e da defesa da presidente petista.
* Em seguida, os representantes de cada um dos 25 partidos terão direito a falar;
* E os líderes das siglas indicarão até cinco deputados para discursar.
* Só segurem o Sibá, minha gente!
* Sob uma pressão dessas, dizem as más línguas que ele ameaça até sugerir uma renúncia coletiva dos parlamentares do partido, em solidariedade à presidente.
* Ô maldade!
* Enquanto isso, vice-presidente Michel Temer já posa para as fotos com ares de presidente.
* Ao lado dele, o deputado federal Flaviano Melo e o presidente da CACB, empresário George Pinheiro.
* Acreano é bicho enjoado mesmo, né?
* Se for baixinho então…
* Ririri.
* Na pauta da reunião, futuras parcerias entre a classe política e o meio empresarial e outras cositas mais.
* Tá certo.
* Empresário que é empresário não perde tempo, não.
* Conjecturas políticas à parte, George teria ficado impressionado mesmo com o prestígio do deputado Flaviano Melo com o amigo peemedebista.
* “Esse aqui já me ajudou muito! Devo muito a ele”, teria dito Temer sobre Flaviano, ao final do encontro.
* Huuum.
* Não é a toa que a oposição local está toda ouriçada com as possíveis mudanças no cenário do Executivo nacional.
* E isso inclui até alianças antes descartadas entre o PMDB e outra importante liderança oposicionista, para a disputa da prefeitura da Capital.
* A conferir.
* Agência Brasileira de Inteligência, a Abin, confirmou a autenticidade de ameaças do Estado Islâmico ao Brasil, divulgadas, no ano passado, pelo twitter.
* A mensagem “Brasil, vocês são nosso próximo alvo” foi postada logo após os atentados que deixaram 129 mortos e dezenas de feridos, na França.
* A notícia fez lembrar o recente ataque de hackers ao site da SEE…
* Que foi assinado por um grupo radical islâmico da Tunísia.
* Eu, hein! Vá de retro.
* O Acre não existe, minha gente. O Acre não existe!

Assuntos desta notícia