Um bom trabalho

Embora tenham se registrado bastante assaltos na Capital, há que se reconhecer que as polícias Civil e Militar vêm sim fazendo um bom trabalho no combate à criminalidade, desarticulando inclusive quadrilhas e organizações criminosas, como fizeram ontem com mais uma operação resultando na prisão de mais de cem pessoas.

A questão é que grande parte desse trabalho acaba sendo frustrado ou quase inútil por conta de uma legislação frouxa, leniente, que favorece mais os criminosos do que a própria sociedade.

Como costumam queixar-se, frequentemente, delegados e agentes policiais, “prende-se e depois solta-se”. Justamente por falta de um Código Penal mais rígido, que já deveria ter sido reformado, mas o Congresso Nacional, a quem cabe esta reforma está muito ocupado em disputas políticas, como vem acontecendo nos últimos tempos com essa patranha do impeachment.

Diante dessa falta total de compromisso com os interesses maiores da sociedade por parte da classe política, é evidente que os criminosos e suas quadrilhas só têm a lucrar e até mesmo a desdenhar.

Quando presos, assiste-se com frequência esses criminosos fazendo pouco caso, rindo até de quem os prendeu e da própria sociedade, na certeza da impunidade, de que estarão nas ruas em pouco tempo.

Assuntos desta notícia