Manteiga tem alta de 8,87% e é ‘vilã’ da cesta básica de março na capital

Com um reajuste médio de 8,87% no preço, a manteiga foi a “vilã” da cesta básica no mês de março em Rio Branco. Os dados são do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

A pesquisa aponta ainda que no mês passado o preço da cesta básica caiu quase 2% em Rio Branco, em relação à fevereiro. A cesta, que no mês anterior saiu por R$ 349,22, chegou a R$ 342,66 em março.

Além da manteiga, outro produtos que sofreram alta considerável foram a farinha de mandioca, com reajuste de 6,94%; o óleo de soja, (5,58%); o açúcar cristal (4,45%); o feijão carioquinha (2,68%); a banana (0,92%); o leite integral (0,57%); o café em pó (0,54%); e a carne bovina (0,47%).

Já entre os que sofreram redução, o destaque vai pro tomate, que passou a custar 15,25% a menos que no período anterior. O arroz agulhinha e o pão francês também tiveram redução de 1,35% e 0,20%, respectivamente.

Os alimentos que compõem a cesta básica são: arroz, feijão, leite, farinha, batata, tomate, pão, café, banana, açúcar, óleo e manteiga.

A pesquisa mostra também que a capital acreana ficou entre as três capitais com os valores médios das cestas. A capital com maior preço da cesta básica é Brasília (DF), onde o preço médio da cesta chega a custar R$ 444,74.

Assuntos desta notícia