Emoção marca formatura do Projovem Urbano

O prefeito Marcus Alexandre e o vice-prefeito e secretário de Educação Márcio Batista entregaram na última terça-feira, 11, certificados de conclusão do Ensino Fundamental aos 215 concludentes do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem Urbano). A cerimônia foi realizada à noite, no Teatrão com a presença de professores, ex-professores e ex-alunos. A presidente do Conselho Municipal de Educação, professora Vômea Araújo e a secretária da Juventude de Rio Branco, Temyllis Silva, também estiveram presentes. Representando o deputado federal Raimundo Angelim, estava o professor Evandro Luzia.

Marcus Alexandre destacou a importância do programa que visa formação integral do aluno. “Parabenizo, de coração, coordenadoras, professores e todos os profissionais da educação, em especial os alunos, pela determinação e força de vontade. Hoje é um dia especial. Parabéns por terem chegado até aqui e sigam em frente. Continuem os estudos, não desistam dos seus sonhos, sejam vitoriosos”.

O orador da turma, Jocimar Martins Ferreira, falou da transformação ocorrida na vida dos alunos. “Todos os dias podemos mudar algo em nossas vidas. Nossos sonhos e expectativas mudaram. Tudo que aprendemos será lembrado para sempre”, disse Jocimar ao agradecer coordenadores e professores do Projovem.

O Projovem Urbano é um programa de âmbito nacional, implementado em regime de colaboração com o Município. O objetivo é oportunizar formação integral ao jovem, associando elevação da escolaridade, qualificação profissional inicial e participação cidadã. O programa é voltado aos jovens com idade entre 18 e 24 anos que por qualquer motivo tenham interrompido os estudos.

Para o vice-prefeito e secretário de Educação Márcio Batista o momento pode ser definido em três palavras; “oportunidade, esperança e futuro”. Segundo Márcio Batista, “com escolarização e qualificação profissional o Projovem é oportunidade. A participação cidadã devolve a autoestima, faz renascer a esperança de um futuro melhor”.

Implantado em Rio Branco no ano de 2006, o Projovem Urbano já formou mais de seis mil alunos. Os concludentes deste ano ingressaram em setembro de 2014. Todos estão automaticamente matriculados para dar segmento ao estudo no Ensino Médio

 Estudo que liberta

Ao longo de 10 anos de historia, o Projovem Urbano Rio Branco reúne relatos de superação como o de Robson Nogueira, que aos 16 anos abandonou a escola, envolveu-se com drogas e vivia sem perspectivas, até ingressar no programa. “O Projovem transformou a minha vida, hoje estou liberto. No Projovem conheci minha esposa. Hoje trabalho, estudo, estou construindo minha casa e tenho muitos planos. Quero fazer o Ensino Médio e cursar Medicina”, afirma Robson.

Emocionado, seu Robemar, pai de Robson agradeceu aos responsáveis pela execução do Programa no Acre. “Meu filho, que antes me dava tanto trabalho, hoje é outra pessoa e eu sei que devemos isso a esse programa tão maravilhoso. Então, eu agradeço muito ao governador Tião Viana, ao prefeito Marcus Alexandre e a toda equipe que faz o Projovem acontecer em Rio Branco”.

Para a coordenadora do Projovem, Lídia Maria Mota Diógenes, “a formatura é sempre um momento de alegria e muita emoção. Quando celebramos a realização de sonhos da vida desses jovens que com o Programa recuperam a autoestima e voltam a sonhar, isso nos gratifica”.

10-anos-de-projovem-fotos-assis-lima-20

Assuntos desta notícia