Campanha de vacinação de animais acontece neste sábado no Horto Florestal e na Baixada

 

Dando prosseguimento à campanha de vacinação antirrábica 2017, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Prefeitura de Rio Branco vai vacinar cães e gatos contra raiva neste sábado, 2, das 9 às 16h, no Horto Florestal. Devem ser vacinados animais com mais de três meses de idade e os donos devem levar as carteiras de vacinação. Caso o animal não possua, será feita uma nova carteira no ato da vacina. Para o Registro do animal e confecção do cartão de vacinação é necessário RG e comprovante de endereço do dono do animal.

Também no sábado, 2, equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), vão de casa em casa vacinar os animais dos moradores do Bairro João Eduardo, na Baixada. Já no próximo sábado, 9, o ponto fixo de vacinação será na Praça da Vila Betel, em frente à Fundação Bradesco, e os vacinadores também visitarão as casas do Conjunto Esperança a fim de vacinar os animais.

As vacinas antirrábicas também estão à disposição no Centro de Zoonoses de Rio Branco (CCZ), que fica na Rodovia AC-40 km 9, Benfica, diariamente das 7h às 14h.

O diretor do CCZ, médico veterinário Everton Arruda, diz que desde o inicio do ano, já foram vacinados 22 mil cães e gatos nas zonas rural e urbana da capital. O objetivo é alcançar a meta de vacinação deste ano, que é de 39 mil animais. De acordo com Everton, esse número deverá ser alcançado até o final do ano com os atendimentos em pontos fixos, nas residências e na sede do CCZ.

A Raiva é uma doença causada por um vírus que afeta os mamíferos e seres humanos e os principais transmissores são morcegos, cães e gatos. O vírus rábico, contido na saliva do animal, penetra no organismo principalmente por meio de mordedura e, mais raramente, pela arranhadura e lambedura de mucosas. Os sintomas são apatia, falta de apetite, febre, progredindo para agressividade, sensibilidade à claridade e convulsões. A doença não tem cura e pode levar à morte. Somente a vacinação pode prevenir a doença.

 

Assuntos desta notícia