Jenilson Leite diz que o Governo Federal é omisso no combate à entrada de drogas no Brasil

O deputado Jenilson Leite (PCdoB) comentou sobre a primeira parte da reportagem do Fantástico, veiculada no último domingo, 4, e que abordou a questão das drogas no estado. Ele pontuou que um dos motivos que levou o aumento da circulação de entorpecentes no Acre foi a falta de apoio do Governo Federal.

“Não resta dúvida que a falta de investimentos e apoio do governo brasileiro agravou consideravelmente essa situação. Temos uma área bem extensa de fronteira e que praticamente não tem fiscalização. Infelizmente isso tem gerado o surgimento de uma geração de jovens com envolvimento na criminalidade”, disse.

Jenilson cobrou maior participação do Governo Federal no enfrentamento às drogas e ao crime organizado. “Nossas fronteiras estão praticamente abertas. Quem quiser encher um carro com drogas e armas, por exemplo, consegue passar com facilidade. Sempre vou a Assis Brasil e percebo que a fiscalização ali não existe. Ora, se é de conhecimento do Governo Federal que o Acre é um ponto de entrada de drogas no Brasil, por que continuam omissos quanto a essa questão? É preciso que eles assumam a responsabilidade que lhes cabe”, frisou.

Leite destaca que de nada adiantará mais investimentos na Educação enquanto a Segurança Pública, no que diz respeito à área de fronteira, continuar sendo negligenciada. “Podemos até construir novas escolas, melhorar a geração de emprego e renda, construir novas políticas públicas nessa área, porém, enquanto não houver um maior controle nas fronteiras, nada será resolvido. Continuaremos apenas enxugando gelo. É preciso que a Presidência da República tenha atitude. Faz tempo que estamos pedindo ajuda ao governo brasileiro e ele se faz de desentendido. Basta de omissão”, finalizou.

 

Assuntos desta notícia